quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Contradição?

Amanhã era feriado no ano passado.

Mais um daqueles devaneios

Eu não gosto de poesia
Mas gosto da maresia da prosa
De imaginar e fantasiar e deixar-me levar
Por um mar revoltoso de palavras
Ondas lexicais pujantes e catastróficas
Obscuras mas subtis e consequentes

Eu não gosto de poesia nem
Do que as rimas me fazem trabalhar
Muito menos de interpretações vagas
Polivalências significativas
Anseios pessoais e meras suposições 
Interpretações e conotações

Eu gosto de prosa
De ler de fio a pavio
Noite e madrugada dentro
Deitar uma narrativa ao meu lado
Quando o meu mundo acorda
E só aí adormecer a pensar

O último da semana

Quando era miudita quis ter um destes em casa. E tive-o....de peluche. Era um fofo!
Acho impossível não se gostar de olhar, admirar, tocar, apertar, abraçar...

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Foto picante, a pedido

Já tou farta!

Está tudo tão sossegado por aqui, demasiado, que até oiço a camioneta do lixo a recolher o vidro do ecoponto e o barulho do cooler por baixo do portátil.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

A mim aflige-me que não se legisle sobre papagaios

Ou estes não são considerados animais de companhia? E os hamsters? E as tartarugas, que fedem cumó diabo? E os periquitos? E os coelhos? Ou não há quem os tenha como animais de estimação, também? 
Mas será que a nossa reformada junior não tem mais nada em que pensar?
Eu já vos disse que há uns tempos considerei a hipótese de ter um papagaio em casa? Depois lembrei-me do petiz, que já papagueia o suficiente (por enquanto; mais 2 ou 3 anitos e já não conta nada à mãe nem ao pai) e desisti.

Digam-me, leitores e comentadoras, hoje vamos disparatar sobre o quê

?

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Ahpoisé!!

A última pessoa que aderiu à minha lista de seguidores (palavra macabra, esta) tem um blog de natureza erótica. E alguns dos meus outros seguidores (assustadora) também.
Um dia, também arranjo um assim, só para ver como é que é. Vão ver! E, quiçá, apelo ao vosso sentido de parceria e solicito a vossa participação como meus parceiros e minhas parceiras, no acto. Que tal?

domingo, 27 de outubro de 2013

It's such a perfect day

Um dos filmes mais mirabolantes e loucos que alguma vez vi. Marcou-me. Tal como ele, o Lou. E esta música diz-me imenso.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Nova etapa no casamento

Um destes dias o MQT assinalou o seu aniversário. E eu esqueci-me de o parabenizar no facebook. Tendo que me redimir de algum modo, por esta falha gravíssima numa era tão digital, encomendei online e adquiri o último do Astérix para lhe dar. Que acham?
(P.S.: O filho e eu já lemos o livro, antes deste sair da livraria. Isto não se faz, pois não?)

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Dá para desconfiar

Ao contrário do que dizem certas vozes reaccionárias da blogosfera, ultimamente eu ando um docinho. E quem comigo priva, sente e constata isto diariamente. Eu sei a que se deve. Como tal, deixo-vos aqui um para mais uma vez se lambuzarem...quem quiser, claro.
 
Quem desejar, pode fazer chegar-me dos verdadeiros; eu aceito e marcha tudo!

Zezinho, não precisas de esperar mais

Constatação estatística - II

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Conheço a peça há anos, mas ainda caio nestas

Ela: "Vou ter um bebé..."
Eu: "Tu ...o quê??? Parabéns!!!"
Ela: "Sim, isso que leste. Deve sair logo à noite..."
...

O diálogo via SMSs foi mais ou menos assim, há umas semanas.

Saiu uma gata já com 2 ou 3 meses de vida. E eu a pensar que era outra coisa. Impossível não era, mas altamente improvável, tendo em conta a pessoa em causa. É contudo o quarto elemento da família. E tem um nome originalíssimo, que não posso partilhar: C.J.P.G.
(Se ela lê isto, dá-me um tiro!)

Aqui também se mostram nus artísticos

 
Se isto não é fotogenia inata, não sei o que lhe chamar.

domingo, 20 de outubro de 2013

Interrogo-me

Será que os Russos e os Chineses percebem o que lêem quando aqui vêm? É que aqueles, mais do que estes, vêm cá muitas vezes. Se encontram o que procuram? Duvido muito.

Tomem lá e ai de quem volte a dizer que eu sou bruta!


Até é verdade (mas neste momento não interessa). E é verdade que raramente mando beijos virtuais. Acho estranho. Mas de vez em quando também me passo dos carretos e saem destas coisas. Em especial para a Bizinha e para a AC e alguns gaijos. Pronto. Aproveitem o raro momento.

sábado, 19 de outubro de 2013

Sábado à tarde

O que fazem vossas excelências que me lêem, neste preciso momento?
Eu estou a olhar para o prédio da frente e a pensar que, quando tinha 13 ou 14 anos, fazia precisamente o que as minhas vizinhas da frente estão a fazer.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Hoje tive um encontro com duas desconhecidas

À vez à vez. E só por breves minutos é que estive com as duas em simultâneo no mesmo espaço. Uma delas tinha uns olhos azuis lindíssimos, 30 anos e parecia mais velha do que eu. A outra tinha uma dentição imaculadamente branca, a contrastar com a tez morena, coberta de base, vá...Uma delas tirou-me uma fotografia bem gira, que eu deveria ter pedido para me ser enviada. Já a tinha publicado aqui. A ver se me lembro de o fazer quando lá voltar. A conversa com as duas terminou com um orçamento maior do que o meu ordenado. Pensei eu cá com os meus botões: "Esta gente anda doida!" Tá bem que há facilidades de pagamento a crédito, mas algum dia eu dava aquele dinheiro por um tapa-buracos? Nunca! E ainda vou pensar no orçamento mediano, a ver se o sorriso fica mais branco.
Daqui a 15 dias conversaremos novamente.

sábado, 12 de outubro de 2013

No outro dia fui às compras, eu e mais cinco homens

De víveres, pois o frigorífico e a despensa estavam depenados.
Enchi o carrito com o que estava na lista, não me desviando - o que é para admirar - do que estava lá escrito e lá me dirigi à caixa. Enquanto esperava a minha vez de pagar, pus-me a observar um grupo de cinco homens, todos trintões e quarentinhas, que também esperavam a sua vez para pagar, numa caixa mais ao lado.

Tomando este grupo como exemplo, poderei dizer que há imensas diferenças entre os homens que vão juntos às compras ao supermercado e as mulheres que vão juntas às compras ao supermercado.
Desde logo, as mulheres não vão em grupos de cinco fazer compras de supermercado. Poderão aparecer duas mulheres juntas, normalmente mãe e filha ou duas jovens da mesma faixa etária. Mas nunca cinco.
Segundo, as mulheres, sozinhas ou em pares, têm sempre um ar taciturno quando estão na fila para pagar. Estes cinco homens não. Eles tinham um ar divertido, descontraído, estavam sorridentes e conversadores.
Terceiro, as mulheres não enchem a passadeira rolante da caixa de bebidas - caixas de vinho e cerveja - carne, muita carne, embalagens de salsichas e produtos pré-embalados e tomates, muitos tomates vermelhinhos. Elas também colocam cosméticos e produtos de limpeza para a casa.
Em quarto lugar, elas não se divertem com esta tarefa. Fazem-na, porque sim, porque tem que ser. Estes senhores não. Eles estavam nitidamente a gozar o momento, a anteciparem o momento em que iriam encher o bandulho com os comes e bebes.

E depois de eu pagar a minha conta, ainda me pus a imaginar qual seria a razão para esta ocasião masculina: só porque sim? Será que era uma despedida de solteiro mais caseirinha? Seria o aniversário de algum deles? 
E outras questões: cozinhariam todos? Beberiam a cerveja ou o vinho? E quem lavaria a loiça? No próprio dia ou deixariam tudo por fazer? 
Enfim... e vocês pensam em quê, quando vão às compras?

Ontem ofereceram-me um livro

O seu autor dedicou-me umas palavras singelas e simpáticas, e datou-as. Fui informada de que receberia uma prenda altruísta e sorri nessa altura. E ontem sorri novamente. Veio duma pessoa estranha, que certamente nunca virei a conhecer. Contudo, o nome, do autor e do livro, esteve e está em alguns escaparates, para ser lido e apreciado. Ou não.
Gostei muito do gesto e vou ler estas páginas. Mesmo que as ache lamechas e enfadonhas. E se as achar divertidas e informativas e inspiradoras ainda melhor. Vou lê-lo até ao fim. A pessoa merece esse respeito. 
Obrigada.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

"Ai que nojo"

"Eu não quero mexer na terra", "Isto é nojento", "Eu tenho medo dos bichos", "Aiii, uiiii, afasta as mãos de mim", "Vou sujar as sapatilhas todas", "Stôra, eu não gosto de nabos" e comentários semelhantes...imaginem isto proferido por duas catraias que foram obrigadas a semear nabos, que durante cerca de 15 minutos estiveram de pé, a centímetros da área de terreno onde as sementes foram atiradas, por todos, elas inclusivé. 
Só à estalada: dois pares de estalos em cada cara, dados pelos pais todos os dias, a ver se a mariquice não lhes passava logo!

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Alguém faz anos hoje?

Pois sendo assim, considere(m)-se parabenizado(s)! :)

Anseio pelo dia de amanhã. A sério!

Amanhã será um dia inesquecível.
Pela primeira vez, irei plantar nabos. Ou semear nabos. Ou fazer qualquer coisa relacionada com nabos. Eu e os meus catraios, que sabem mais do que eu desta poda em particular. Vai ser lindo, vai! Depois tiro uma fotografia, quando eles brotarem. Os nabos...Prometo.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Já não há gente atrevida

É o que se pode concluir daqui, pois ninguém se chegou à frente. Ler os comentários, se faz favor.

ADENDA: A carta será entregue ao Sr. Leão, cognome "O Atrevido"!

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Parvoíce do dia

Colocar Nesquik na chávena de café, acabadinho de tirar da máquina. Aconteceu-me agora mesmo. Enfim...

Desafio

A primeira pessoa que se atrever a deixar-me uma morada, verdadeira, na caixa de comentários deste post receberá uma carta minha, daquelas à antiga, com selo lambido e tudo. Não divulgarei a morada nos comentários, obviamente, mas anunciarei quem será o destinatário. E ficarei a saber quanto custa um selo hoje em dia! Que tal? Pensem nisso, nas consequências e coiso e tal...

(Os comentários abrirão ainda hoje, por volta das 19:00, de modo a que o leque de destinatários seja mais alargado do que agora.)

domingo, 6 de outubro de 2013

Actualização hortícola

Os tomates da sogra continuam muito saborosos!

Actualização da leitura

Troquei o Barry pela Camilla e a sua ave. Talvez daqui a uns tempos esteja mais bem preparada para uma relação a dois com ele. Mas para já, ela destronou-o.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Santa terrinha

Dizem que amanhã vou à regueifa. E aos ovos moles à tarde. 
E no domingo haverá polvo.

Ora aqui está uma boa notícia

Asterix e Obelix em nova banda desenhada, desta vez na Escócia. Lá vou eu novamente viajar para as Highlands! Com quem simpatizavam mais? Eu era, e é, com o Obelix. E prefiro a versão livresca deste do que a do Senhor Depardieu.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Francisca Athayde

Vai deixar saudades a pessoa que assinalou, vezes sem conta, o único erro ortográfico na minha primeira frequência de Estudos Linguísticos: "lingua". Irónico, não? 
Mulher linda, baixinha e vivaça.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Mudei para a concorrência

Nota-se alguma coisa? Para já eu não noto. Veremos com o tempo.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Hmmmm

Desconfio, a julgar pelo sossego aparente, que alguém está a preparar a sua reentreé na blogosfera. Não digo nomes!