segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Ahpoisé!!

A última pessoa que aderiu à minha lista de seguidores (palavra macabra, esta) tem um blog de natureza erótica. E alguns dos meus outros seguidores (assustadora) também.
Um dia, também arranjo um assim, só para ver como é que é. Vão ver! E, quiçá, apelo ao vosso sentido de parceria e solicito a vossa participação como meus parceiros e minhas parceiras, no acto. Que tal?

91 comentários:

  1. Não contes comigo, que eu nessas coisas sou muito ingénuo!
    Ainda se fosse de lavores, ou culinária... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leão, não percebo nada de lavores nem de culinária. Só de comer, muito e bem. :P

      Eliminar
    2. Então olha, posso pelo menos sugerir o nome.
      Pseudo-queca! parece-me bem. :))

      Eliminar
    3. Não pode ser, demasiado óbvio. Era logo associado a este blog.

      Eliminar
    4. No Minho é um descanso! serve? :)))))

      Eliminar
    5. Não, não serve. Então se estás a dar sugestões em público, a malta toda vai saber que seria meu, se algum dia visse um blog novo com um nome tão inocente como esse, num achas?

      Eliminar
    6. Achas que eu ia propor-te um nome em público que fosse de jeito???
      Isso depois vai por mail, que é como as pessoas agora contactam, pá!
      Olha, Truca-Truca no Bom Jesus! :)))

      Eliminar
    7. Fosca-se, já tou arrependida de te ter contactado por carta normal!
      Ñão, esse é azeiteiro. Além de que o que está a dar agora é o Picoto, não o BJ. :)

      Eliminar
    8. Eiiii, estive mal agora!
      Mas não posso mandar-te uma carta, não tenho morada; provavelmente se escrever no envelope "Pseudo, Braga" receberás, vou tentar!
      Picoto, o mundo está roto! zunga! esta não falha!!!! :b

      Eliminar
    9. Sim, tenta. Depois eu aviso que chegou. Vamos pôr as cartas na moda, novamente? :)

      Eliminar
    10. Bute lá!
      Por tua causa já castiguei a nAn com uma carta de amigo...
      :)))

      Eliminar
    11. Óptimo, óptimo. E ela já respondeu? Se ela quiser escrever-me, eu dou-lhe a morada. :)

      Eliminar
    12. Pfffffffffffffff
      Acabou aqui a conversa!

      Eliminar
    13. A ela dás-lhe a morada...
      Deslarga-me da mão, não quero mais conversas contigo!!!
      :))))

      Eliminar
    14. Dou? Mas se ela não veio cá pedir-ma, nem falar no assunto, não dou, n'é?

      Tu é que ainda cá estás.

      Eliminar
    15. Mas vou já sair p'la esquerda curta...

      Eliminar
    16. Deixa tudo como encontraste, sff.

      Eliminar
    17. Varrido, arrumado e resíduos no ecoponto!
      Desculpa, mas não deu tempo de passar a roupa a ferro...

      Eliminar
    18. Olha!!! Mais um detalhe cá de casa que vou partilhar, se é que já não o fiz!! Tenho que ver...Tenho um desses tripartidos cá em casa. Dá um certo colorido à cozinha.
      Fica para a próxima, ok?

      Eliminar
    19. Cá na minha são 3 de 120litros, mas partilha, que o teu partilhar me encanta. :b

      Eliminar
    20. Ok, mais logo trato disso.
      Tu estás bem?

      Eliminar
    21. Um pouco cansado, mas bem!
      O que me incomodou mais foi limpar as teias de aranha nos cantos da despensa, tive que me entortar todo...
      Que raio de sítio pra fazer a despensa, pá! :))

      Eliminar
    22. Não deves estar a falar da minha despensa, rapaz. Nesta casa não há teias de aranha em lado nenhum. Nem aranhas nem moscas nem melgas...as únicas teias que de vez em quando aparecem, aparecem numa das varandas.
      Logo, de quem é a despensa que te entortou todo? Esta é a questão!

      Eliminar
    23. Peço desculpa, não deveria ter cometido esta inconfidência em público...
      É da mudança da hora, já devia estar em casa!

      Eliminar
    24. Ainda falta meia hora, pá!
      Se quiseres ainda posso limpar o pó ao candelabro da sala...
      :))))

      Eliminar
    25. Tu andas um bocado confuso. De que sala falas? É que eu não tenho candelabros em lado nenhum, homem. Pensas que estás aonde, afinal?

      Eliminar
    26. Vocês não acreditem nela, hã???
      Faz-se de modesta, mas se vocês vissem o casarão...
      Já perceberam porque é que não diz a ninguém onde mora, não????

      :))))))))

      Eliminar
    27. hahahah! Já percebi! Estás a falar da tua....ok! :P

      ("Vocês" quem? Não está cá mais ninguém, senão eu e tu, seu tolo.)

      Eliminar
    28. AHAHAHAHAHAHAHAH
      (mas hão-de vir!)

      Eliminar
    29. (Tu achas mesmo que mais alguém quer saber deste nosso diálogo parvo? Tem juízo, rapaz, que já tens idade para isso. :))

      Eliminar
    30. Olha que realmente!
      Uma troca de impressões que já incluiu 3R's, é um diálogo parvo???

      Eliminar
    31. Tem momentos parvos, sim. Tem outros mais sérios. E tem outros em que me tiras do sério. :P

      Eliminar
    32. Objectivamente é isso que pretendo ambas as...três! eheheheh

      Toma lá um xôxo, prontes!

      Eliminar
    33. Xõ, vá, desanda, já é tarde...

      Eliminar
  2. Não me parece que arriscasses nisso às claras, isto é, que os teus seguidores (!) fossem alertados para essa faceta e convidados a participar.
    Anónimos pois que sim ou nem tanto no fim de contas.
    Por algum motivo as faces de Janus estão opostas, não lado a lado ou frente a frente, digo eu que, em tendo um blog erótico, seria muito cautelosa nisto de dar a conhecer o meu lado lunar aos seguidores (!) do lado parvo da minha vida no Pusinko :)
    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Pusinkito, tu assustas-me!
      Tens razão: não o faria como Pseudo, mas começaria a saltitar pelos da especialidade, a ver como a coisa corria. :) E depois apresentar-me-ia como a vizinha já conhecida. :)

      Eliminar
    2. Com.outro nick e alter ego até que acho interessante. E apresentar depois de ver em que páram as modas :-)

      Eliminar
    3. E ter arte para isso, Pusinkito? Não sei se seria capaz. Há-os bem interessantes e ao nível desses duvido que algum dia chegasse.
      (Suspiros da Líbido, do Eros, é um deles.)

      Eliminar
  3. Parceiro? Acto? Estaremos a ser vitimas de assédio... Que é que se passa com o MQT? Logo ele que é admirador do Asterix não sabe que se não vai ao natural vai com poções magicas... Vê lá se arrebitas o rapaz em vez de estares a lançar a foice em seara alheia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, o MQT não escreve em blogs. Não sei o que mais leu das minhas palavras. Se leu algo mais, o problema é seu. Eu não lancei nada em lado nenhum, a não ser aqui, um desafio de escrita, como já não é a primeira nem a segunda vez.

      Eliminar
  4. Serei eu a última da lista?!?!?!?, PORTANTO...portanto :) Nada de medos, blogues tesudos é uma ARt. Minha querida, estou contigo, com apertos, sem apertos, tens aqui uma amiga que te leva só e digo SÓ, pela mão!

    Olha que bela casa que vim parar, quem diria, ter direito a post e tudo, estou GRANDE!
    E TU MINHA DOCINHA AMARELA obrigada.

    APERTOZINHO EM TI já sabes que é onde te der mais jeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Baby, não digo nomes! Levas-me aonde, mesmo?

      Eu sou a "tua docinha amarela"? Tu estás bem, Baby? Não queres pôr um termómetro algures, não?

      (Valha-me santa engrácia que é só gente tola, por aqui.)

      Eliminar
    2. Esta coisa de fazer desenhos... ai, então acompanho-te no teu futuro blog tesudo mulher!
      docinha amarela, foi como cheguei a esta casa, comentando o teu post dos bolinhos (que estás tu e já eu á espera...)

      flui Pseudo, flui, criatividade, vá um, dois, três...

      Aperto num pé! ;)

      Eliminar
    3. Tá bem, falaremos então no futuro.
      Olha lá, Baby, tu és a Sheila Carina?

      Eliminar
    4. Sheila Carina28/10/13, 20:41

      Não, não é, a Sheila Carina sou eu, que por sua vez não sou a Sheila Carina e sou a Matilde, mas como duas queridas na blogoesfera andaram numa luta acesa e uma para gozar com a outra chamou-lhe depreciativamente Sheila Carina, eu achei piada e adoptei o nome, mas aqui na tua casa doravante sou mesmo eu, euzinha a Matilde.
      E se quiseres fazer uma parceria sobre erotismo não podias encontrar melhor céu, e com sorte até pode ser que eu consiga publicar o meu romance que o editor recusou publicar quando eu tinha doze anos por ser tema muito avançado para os 64 anos dele.

      Ex-Sheila Carina, doravante Matilde.

      Eliminar
    5. Ex-Sheila Carina e actual Matilde, considero-me esclarecida.
      Mas olha lá, com 12 anos devias andar a brincar à macaca e a saltar à corda; não a escrever erotismo.

      Eliminar
    6. A Sheila Carina? Não! Essa dizia-se boa, no fundo confessasse que era apenas convencida!
      Eu sou muitas baby´s, logo não posso ser só uma única coisa, para além de muito boa e muito convencida! Percebes?

      Apertozinho.

      oh afinal existe mesmo uma, desculpa Sheila ou Matilde, tinha escrito já antes e sem fazer um refresh de página e já não me dou ao trabalho de pensar muito, porque de vez em quando também sou limitada. Entretanto, eu não ando em luta com ninguém ok acabei de chegar e estou a gostar muito da Pseudo e claro está que certamente também criarei carinho por ti. Logo nada pessoal,

      Eliminar
    7. Entendam-se, pois eu sei bem quem eu sou. Tenho dito.

      Eliminar
    8. ohhh Pseudo não serás tu esquizofrénica, e às tantas és nós!? hummmm

      Eliminar
    9. Baby, às tantas eu sou tu e tu és eu e és capaz de ter razão. E às tantas o teu blog afinal é o meu novo blog erótico, cujo aparecimento foi anunciado à posteriori...oh caraças, que isto é melhor do que qualquer novela!

      Eliminar
    10. shiuuuu então? Vai tomar a medicação, acabas por dizer tudo! tsssstttttt

      Eliminar
    11. Que medicação, rapariga? Aqui não entram dessas coisas do demo.

      Eliminar
  5. chegou o único elemento são aqui.

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. R., tu mete ordem nisto que eu vou jantar, ok? Até te deixo os comentários abertos....

      Eliminar
    2. vou mas é beber um copo.

      R.

      Eliminar
    3. Tá bem. Um copo de Licor beirão com 2 pedras de gelo para fim, se faz favor.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. MG, onde? Não estarás tu no blog errado? É que eu ainda não abri o novo, sabes...
      (R., não lhe ligues, ele anda obcecado com mamas já há muitos meses.)

      Eliminar
    2. R,

      A fé move montanhas.
      Aguardemos, calmos e serenos.
      Parece que se aproximam ventos favoráveis!

      Pseudo,
      Abre lá a porra do blog novo.
      Mamas. Queremos mamas.

      Eliminar
    3. MG, eu disse que poderia abrir um para ver no que dava, não que ia mostrar mamas. Mas tu não sabes ler, rapaz??

      Eliminar
    4. Um blog erótico sem se ver uma maminha que seja?
      Tá bem. Boa sorte no empreendimento.
      Ou, então, sou mesmo eu que não sabe ler. Preciso de novas oportunidades, é o que é.

      Eliminar
    5. Não vás por aí. Vai antes pelos vocacionais.:)

      Eliminar
    6. Mamas é vocacional?

      Eliminar
    7. Então não é? Não é à tua que a Cicciolina descobriu a sua outra vocação, ora!
      Mais a sério: nunca foste ao Salão Erótico do Porto? (ou outro qualquer, vá...) Lá descobrem-se muitas vocações, segundo me dizem.

      Eliminar
    8. Se o salão for como o teu projecto de novo blog, acho que não se descobre nada..

      Eliminar
    9. MG, o "meu projecto de novo blog" não tem objectivo descobrir o que quer que seja, rapaz. É só mais um para entreter, só de escrita, nada de maminhas. Não vais gostar, portanto...

      Eliminar
  7. Não brincava à macaca nem saltava à corda e ia jogar futebol com os rapazes, mas eu conto-te já a história a seguir.

    ResponderEliminar
  8. Se calha não vais compreender porque não conheces o meu dramático passado até aos dezassete anos, em que eu fui a rapariga mais desgraçada deste mundo por causa da minha horrorosa fealdade que até a mim me horrorizava, em que eu fui a Matilde a mais desgraçada, e depois dos dezoito anos passei a ser a Matilde a mais bem- aventurada, e foi no tempo da tragédia, com doze anos quando eu arrastava a minha desgraçada existência pelo mundo, que a ideia me ocorreu. Ia ser escritora.
    Fiquei radiante e secretamente já me considerava uma escritora de sucesso com a minha imeeeeeeeensa secretária a abarrotar de papéis, e nem sei porque digo secretamente porque eu derretia a paciência de todos os desprevenidos que tivessem a infelicidade de me ouvir.
    A mãe começou logo com as coisas parvas dela a dizer que duvidava muito que dali saísse alguma coisa de jeito, mas o pai incentivou-me muito e eu comecei a escrever. A mãe queria ler mas eu nunca deixei, e para fugir à curiosidade dela guardava os meus escritos debaixo do travesseiro ao dormir, e no outro dia levava-os para a escola comigo.
    Depois o pai apresentou-me a um senhor muito velho que era o director do jornal da Vila, e também era editor e ele mesmo já escrevera uns contos, sem grande sucesso, diga-se, e deixou-me lá a falar com o senhor.
    Deixei ficar com ele o meu best-seller que iria revolucionar o mundo da literatura, que era uma história onde Deus e o Diabo discutiam acerca de uma esposa frígida e de uma amante de coração puro, e vim toda radiante para casa.
    Alguns dias depois ele chamou-me lá e estava muito estranho a olhar para mim, e depois disse-me. Esta história tem um ponto de vista muito complicado: é muito difícil compreender como uma menina da tua idade já sabe tanto com respeito à vida.
    Eu fiquei muito desiludida e olhei com tristeza para aquele senhor de 64 anos a quem o sucesso passara ao lado, e vim para casa. Alguns dias depois quando fui visitar a biblioteca do pai, as estantes estavam todas envidraçadas e fechadas com cadeado.
    Esfumou-se o meu sonho de ser escritora e voltei para o futebol com os rapazes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que tenhas sido / estejas a ser bem sucedida no futebol com os rapazes. :)

      Eliminar
    2. Senti nestas tuas palavras um azedo, oh Pseudo. O jantar caiu-te bem? Ou andas a beber Licor Beirão com raspas de limão?

      Eliminar
    3. Baby, sentiste? É bom sinal, rapariga! Estás viva!

      Eliminar
  9. E eu senti nas tuas palavras uma diatribe, ou foi impressão minha?
    Claro que não posso ter sucesso no futebol com os rapazes porque eu falei-te que jogava aos doze anos e não falei que jogo agora com 36 anos, não te parece?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Matilde, lá porque não disseste agora, não quer dizer que não jogues. Sei lá se jogas ou não. Apenas disse que espero que sejas / ou tenhas sido mais bem sucedida nessa área do que na da escrita.
      Ora esta.

      Eliminar
    2. Bom meninas, eu sou pelo bem, e pelos pontos nos "i", como tal vou escrever mais uns vómitos lá pela minha cenaita. Apareçam para comer um bolinho e beber um chá, que a coisa não tarda a explodir!

      Apertos às duas ou três às páginas tantas a todas!

      Eliminar
  10. Confessa lá...
    Depois desta enxurrada de barbaridades destas "meninas" até já sentes saudaddes do Anónimo das 18:41, 28/10/13. Verdade?
    Uma coisa é ser palerma, outra coisa é outra coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não, não sinto.

      Eliminar
    2. Assim quem se suicida sou eu, baby.

      Eliminar
    3. Anónimo, eu não sou a baby, mas vou intrometer-me: Espero que não o faça!

      Eliminar
    4. Anónimo o que tu queres é aparecer e por lá já apareceste! Digo-te desde já, que lá não terás cama que não tenho paciência para gente com o teu nível. Como tal perdes tempo, porque não terás comentário moderado ok dear!? Vai desgastar-te para outra praça que lá o peixe é demais para o teu nariz!
      Aperto onde te fizer falta.
      (desculpa Pseudo)

      Eliminar
    5. Não!!!!!!
      Eu sei que não és a Baby Suicida. Tu é a Baby "Consuelo".A propósito de Baby Consuelo:
      http://www.youtube.com/watch?v=rEEsMs8moyk

      Eliminar
    6. Essa tua indiferença mata-me...
      http://www.youtube.com/watch?v=TDO54w0nnqU

      Eliminar
    7. Suicidio ou assassinato? Decida-se, anónimo!

      Eliminar
  11. Welcome to the Dark Side of the force...(acho que nunca tinha feito um comentário tão geek)

    ResponderEliminar
  12. Isto merece um clip marado.

    http://www.youtube.com/watch?v=SZzP1FuwRZY

    R.

    ResponderEliminar
  13. Olhem, vocês andam todos marados, isso sim. E eu que vos leia e modere! Vou masé dormir, que já fiz o que me comprometi a fazer, por hoje. Há 11 horas não pensei que o conseguisse! Uffa!

    ResponderEliminar
  14. Então o acto para que nos convidas é para martelar com os dedos? Pensei noutra coisa, mas ok, eu alinho...Tenho que ir treinando os dedos, entretanto. Até amanhã, que hoje não The Following

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tio, chama-se escrever, não martelar. Que exagero, Tio...

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.