quinta-feira, 13 de abril de 2006

"Não só de pão vive o homem"

Esta citação bíblica foi hoje contrariada pelo Vaticano, um estado riquíssimo e poderosíssimo, com grande influência religiosa e política que hoje, a meu ver, veio dar razão a quem, por diversas razões, se afastou há muito das lides religiosas...como eu.
Qualquer pessoa minimamente sensata, culta e respeitadora dos outros tem o discernimento de distinguir entre o Bem e o Mal. Pois parece que estes senhores iluminados só vêem grandes males na Internet, nos jornais e na televisão. Suponho que a missa dominical transmitida na televisão seja excepção a tudo o resto...
Mas que falta de capacidade de adaptação aos tempos modernos! Toda a gente sabe, excepto estes senhores, que estes três mass media são, mesmo quando manipulados e passam notícias falsas ou não-notícias, meios que ajudam a formar o carácter de uma pessoa, a torná-la capaz de fazer julgamentos...fazem o que a Igreja um dia fez e já não faz tão capazmente.
Mas que grande passo atrás na evolução da Igreja Católica!
Não me chamo Madalena (apesar de haver alguém que um dia teve o desplante de me associar a tal personagem bíblica :P...pensas que me esqueço, ó ex-CA?), mas confesso-me "pecadora" nestas três frentes...e nas outras também. Caso eu decidisse voltar a um confessionário, alguém que me esclareça quais as penitências a que seria sujeita! É que até me poderia ajoelhar, mas "rezar" só em casa mesmo!
É caso para dizer que "os padres devem estar loucos".
----
Coincidência ou não, hoje, quando informei a minha avó de que o almoço de amanhã, sexta-feira santa, seria uma feijoada de leitão, ela perguntou-me: "Mas tu estás louca? Não tens juízo nenhum." Conclusão: menos um prato à mesa, menos um prato para lavar. O mais engraçado é que não recusou uma mariscada ao jantar. Isto há coisas...