sábado, 20 de fevereiro de 2016

Não cedi à tentação

Suri, os planos incluíam a visita ao local recomendado por ti, onde chegámos antes do meio-dia. Batemos com o nariz na porta, pois tanto pai como filho tinham a casa fechada e só a reabrem daqui a dois dias. Sentámo-nos ao lado e sendo os primeiros, fomos rapidamente servidos, e muito bem, ao som de jazz. A casa encheu num instante e quando regressávamos ao carro, após uma rápida escapadela à Santa Catarina, passámos pela bicha à porta.
Eu não a comi, mas os homens disseram que valeu a pena. A foto sai mais tarde. Mas não é a da francesinha.