terça-feira, 21 de junho de 2016

Dos meus heróis literários

Destronei o Harry Hole do trono dos heróis policiais improváveis por quem eu poderia vir a ter um fraquinho. O actual chama-se Joona Linna e fiz batota, isto é, não li os livros por ordem cronológica de escrita e publicação, e por esta razão já sei o que lhe aconteceu na vida, porque é que ele dorme ao relento ou em estações de metro e porque é que ele acaba preso.
Acho que me apetece ir passar férias à Suécia...