terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Eu não sei o que vocês fizeram hoje

...mas entre outras coisas, quase todas entediantes, eu li um livro do princípio ao fim, que estava p'ráqui a um canto e que já tem uns bons 11 ou 12 anos desde que foi publicado.  Interrogava-se o Adrian se o na altura Primeiro Ministro Tony Blair falaria verdade ou não sobre a libertação do povo iraquiano. Crédulo e sempre crente no bom funcionamento de certas instituições britânicas. Um horror no relacionamento com o sexo oposto.
Hoje, o Adrian Mole terá os seus 44/45 anos e deve continuar a interrogar-se sobre a reforma da sua sempre amada Pandora, se os seus filhos serão mais felizes e menos existencialistas e inseguros do que ele e se o Reino Unido sai ou não de vez da União Europeia.
Continuará ele atolado em dívidas? Pode ser que um destes dias eu descubra tal, numa qualquer feira do livro.