sexta-feira, 9 de junho de 2006

Post duma rezingona.

Eu gosto de blogs. Ou não tivesse eu um.
Gosto de aqui escrever, de revelar a quem me quiser ler o que me ocorre ou simplesmente dizer que respiro, estou viva e coiso e tal. É um "blogódiário"? É possível. É o que eu quero que ele seja...ponto final.
Gosto igualmente de ler outros blogs: os que estão ali linkados e mais meia-dúzia que, por pura malandrice, ainda não acrescentei à lista.
Gosto de deixar os meus comentários aqui e ali, em posts que me disseram algo ou que me "iluminaram" nesta ou naquela questão ou que até me mostraram uma perspectiva diferente da que eu tenho relativamente a determinado assunto.
Gosto da empatia que se cria entre bloggers, das relações que se vão criando com pessoas, na sua maioria, totalmente desconhecidas e que possivelmente nunca conheceremos. Gosto das piadinhas e bocas que mandamos uns aos outros.
Gosto de ver as imagens, cartoons, fotografias, etc, que os outros decidem partilhar. Contudo, não tenho paciência nenhuma para photoblogs diários, cujos autores decidem expôr hoje um joelho da prima, amanhã o ombro da vizinha de cima ou os óculos novos do carteiro do bairro.
Gosto de bisbilhotar os links dos outros blogs e, caso o olho me fuja para um nome apelativo, guardar esse novo blog para futuras leituras. Gosto de descobrir blogs por mim própria.
Tudo isto para dizer que NÂO GOSTO que venham ao meu blog dizer-me o que fazer, ou melhor, não gosto que alguém me informe acerca da existência do seu próprio blog e gosto ainda menos que esse alguém me diga para o ir visitar. Dizer-me estas coisas é meio caminho andado para nunca lá ir. Portanto, Lizete, desde já agradeço a sua visita ao meu blog e o comentário que deixou e que não me agradou, e lamento desiludi-la ao não lhe retribuir a visita.

O quê?!?!

Ok, eu li a notícia, entendi que estão a comparar remunerações a nivel europeu.
A baixa remuneração do Sr. Sócrates está em proporção directa com a maior parte dos salários auferidos pelos trabalhadores portugueses comparativamente aos outros da União Europeia.
Só me apetece dizer isto: vão gozar com a puta que vos pariu!