segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

O seguidor vai-vem

Há uns seguidores atrás, aconteceu uma coisa deveras intrigante: o número de seguidores do tasco aumentava um dia, diminuia no dia seguinte, voltava a aumentar e outra vez a decrescer eu não notava diferença nenhuma nos avatares apresentados ali do lado esquerdo. Perguntava-me eu onde afinal é que quem ia e vinha se enfiava. 
Não é que de ontem para hoje eles já são 158 e continuo a não notar nada novo ali naqueles icons? Alguém me explica isto, se faz favor?

Actualização epistolar

Caríssimos,

É com enorme prazer, como sempre, que vos escrevinho estas singelas palavras. 
Como devotos que têm sido, uns mais silenciosamente e outros mais assiduamente e mais participativos, considero dever-vos uma explicação. Que é a seguinte: estando eu saturada das cores anteriores, informo os interessados e os desinteressados que a cor horrorosa, de verde vómito, que tem vindo a caracterizar este inicialmente meu, agora nosso, cantinho irá permanecer mais uns tempos até esta que vos escreve encontrar uma outra opção colorida alternativa, que satisfaça pelo menos uma pessoa. 
Até lá, agradeço as visitas, a paciência, a concordância e as opiniões altamente construtivas.

Desta que vos aprecia grandemente,

Pseudo Maria

Primeira adivinha de 2015

Sabendo que não tenho vista para qualquer tipo de escola, jardim de infância ou afins e sabendo que não vi criança, adolescente ou bichinho do género antes de ter descoberto a pólvora, como é que eu soube que as aulas começavam hoje assim que o elevador chegou ao r/c e abriu a porta?

Mais um que vem do frio: Jo Nesbø


Quem recomenda?
O que recomenda?
Por que ordem recomenda?
Porque recomenda?