terça-feira, 26 de julho de 2011

Ando com esta fisgada já vai algum tempo

Gostava que lessem isto (é a parte 2) e mais isto (é a parte 8). Demora algum tempo e requer paciência. Os links estão desactualizados, pois já não ligam aos URLs originais. E amanhã conto o que se passa na minha mente ociosa. Agora vou deitar-me, cedo, diga-se, pois amanhã tenho que dar o pequeno-almoço a dois espécimens masculinos.

Segredos - II

Eu e a minha companhia deixámos um café-esplanada na Praça de Giraldo, Évora, sem pagar a conta, pois foi pedida três vezes em cerca de meia-hora, e nunca veio. Fomos à nossa vidinha.

Um vosso por um meu e eu inicío a transacção

"As pessoas têm sempre segredos. É uma questão de os descobrir." - Lisbeth Salander

Quando era miúda, antes de ter 10 anos, costumava roubar moedinhas de escudos ao meu avô materno para comprar gelados.

Eu disse...

Hoje apaguei a luz às 5:30 da manhã. Grande reviravolta, sim senhor! E ainda não terminou!