sábado, 5 de dezembro de 2015

Não sou só eu, pois não? Bem me parecia

Não sou fã da Adele. Ponto. Reconheço-lhe a voz agradável, uma figura cheínha agradável, uma cara larocas. Admito que saiba cantar. Quem sou eu para a julgar nessa área, pois se nem sequer cantar "Parabéns" eu sei, sem desafinar ou mandar ali uns agudos com voz de cana rachada. Ok, ela é boa cantora, pronto, já disse.
Mas eu não consigo gostar do que ela canta, pois soa-me tudo ao mesmo: lamurias atrás de lamurias. E sabem o que eu digo quando oiço aquele "Hello", sabem? Respondo imediatamente "Hi!". Está a tornar-se pavloviano.