segunda-feira, 6 de março de 2006

Há coisas...

...aparentemente insignificantes, que de facto, não deveriam ter valor nenhum, mas hoje à noite, inesperadamente, alguém me fez sorrir com uma "ninharia". Deve ser para compensar todos os momentos em que já me irritou profundamente, também à conta de "ninharias".
Este é para ti, ó tu-que-sabes-de-quem-falo!

E se...

... num café cruzasses o olhar com um/uma desconhecido/a, sorrissem e um deles dissesse: "Vamos?"
O que fazias?

Mais valia estar quieta

Tenho sempre a sensação que há imensas coisas na vida que me passam ao lado, ou melhor, eu é que lhes passo ao lado. Para não variar, aqui na blogosfera, sinto o mesmo.
Hoje, depois de 3 ou 4 dias sem prestar muita atenção ao que por aí se escreve, andei a vadiar muito e a comentar pouquíssimo. É impressão minha ou anda por aí um certo azedume, uma amargura imensa, um diz-que-disse-mas-foi-mal-interpretado-por-quem-não-devia-interpretar, expressos mais nos comentários cruzados do que nos posts em si? Mas que má disposição!
Ou então eu é que fui parar aos blogs errados!
Raios! SORRIAM! Ainda não pagam imposto!
Mental Note: stick to the humorous ones!