segunda-feira, 15 de maio de 2006

Antipática confessa

Não ando com pachorra.
Podia acabar aqui e não leriam mais nada por uns tempos. Mas apetece-me mesmo expôr-me ao mundo.
Ando preguiçosa. A curiosidade que há quase um ano atrás me levava a saltar de blog em blog e descobri-los bem interessantes, sérios, cómicos, intimistas, eróticos, inteligentes e criativos, esvaiu-se. A vontadinha que tive de criar um só meu, meu, meu e de mais ninguém, incentivada por três pessoas que estão ali ao lado e com quem mantenho contacto frequente, já desapareceu. Faz parte da minha rotina diária ler "the same old blogs" que ainda acho cativantes e me fazem rir e/ou reflectir e até julgar (erradamente?) os seus criadores por aquilo que escrevem - alguns deles estão e ficarão ali linkados do lado direito. Não ando é com vontade nenhuma de comentar e descobrir coisas novas. Isto passa? Sei lá eu! Só sei que sou mulher de manias e esta já teve o seu auge.
Quanto a quem aqui cai, já uma vez ou duas agradeci a presença. E desde já as minhas desculpas por não contra-comentar os vossos comentários ou responder a perguntas que me deixam no ar. Sou antipática? Pois, se calhar até sou. Mas continuar a fazer algo que já não me dá o mesmo prazer de antigamente, apenas para "marcar o ponto", é que não estou p'raí virada. Portanto, a frequência de publicação neste blog vai, com certeza, diminuir. Acabar não, que eu ainda gosto de fazer "figura de urso" e rir-me de mim própria.
E pronto...brevemente há mais.