segunda-feira, 3 de setembro de 2012

As sardinhas ou do fascínio delas - para o Riquinho

Brilhantes, frescas e bem assadas,
Salgadinhas e esturricadas,
Batem aos pontos as ostras,
Não interessam as amostras.

Comidas e degustadas à mão
Ou de faca e garfo, como eu faço,
São iguaria para um lambão
E prelúdio de um grande abraço.

Da cabeça ao rabo,
Depeladas com cuidado,
Para os lombos não estragar 
E a cabeça bem chuchar.

Batatinhas e pimentos
Servem de acompanhamento.
Em noites quentes de verão
Não há melhor para o coração.