domingo, 2 de agosto de 2015

Primeiro domingo vicentino

Entras numa loja local, àquela hora tardia, para perguntar onde podes comprar pasta de dentes, - para já, parece ser a única coisa que ficou esquecida - e sais de lá com um saco de bombons. Não está mal, p'ra primeira noite, não. E o que, em anos anteriores, avistavas ao longe, da estrada que te levava para outros rumos, tem agora muito bom aspecto. O mesmo se pode dizer da primeira praia visitada, até cerca das 11 horas da manhã. Depois dessa hora, já se ouvem demasiado perto as conversas alheias. Logo há mais, noutro lado, sem vigilância e mais ao natural.