quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O meu primeiro selo


A Maria lembrou-se de me laurear com este selo que premeia a minha criatividade. Esta é discutível, mas o selo virtual é bem real e foi aceite com muito agrado. O selo vem acompanhado de uma série de perguntas a que tentarei responder com a seriedade que me caracteriza e que passo a apresentar (aqueles de vós que já as leram noutros blogues podem voltar cá amanhã, a ver se há novidades, mas como é sexta-feira, duvido). E agora perguntariam os velhotes da blogosfera “Mas tu não te opunhas veementemente contra estas correntes da blogosfera? É que nunca me apercebi que tivesses participado em alguma”, ao qual eu responderia “Sim, é verdade. Hoje sou uma pessoa diferente. Não gostas? Clicka ali em cima onde diz “Next Blog” e ala, andor, xô, vá...”.

E as perguntas são:



1. Nome da minha música favorita? Das muitas favoritas, escolho uma da Alicia Keys, “Falling”. Talvez amanhã escolhesse outra, porque isto depende muito da minha disposição. Também nunca disse que tenho bom gosto. Mas é meu e só meu.
2. Nome da minha sobremesa favorita? Hoje apetece-me que seja aletria. Amanhã será uma coisa que se chama “travesseiro de noiva” que indubitavelmente irá contribuir para o bem-estar deste corpinho. Recomendo! O travesseiro...até já me babei toda só de pensar.
3. O que me tira do sério? Acordar com demasiado barulho à minha volta, seja causado por faladura humana ou máquinas em pleno funcionamento. I’m sooo not a morning person!

4. Quando estou chateada? Refilo com quem se cruza comigo mesmo que não tenha culpa no cartório e a minha cara de poucos amigos não engana ninguém. Ficar horas fechada num quarto às escuras costuma atenuar as chatices interiores.

5. Qual o meu animal de estimação favorito?  Fácil: é o que eu não tenho, um daqueles papagaios coloridos e tagarelas que só dizem caralhadas. O que efectivamente tenho é a tartaruga que anda numa de esticar os pernis enquanto hiberna.

6.  Preto ou branco? Detesto ter que escolher entre as minhas cores preferidas. Ambas, ora!

7. Maior medo? Neste momento o meu maior medo é receber a confirmação de que sou parcialmente surda. Não estou a brincar. E sim, sei que sou egocêntrica.

8. Atitude quotidiana?  Desejar “bom dia” com um sorriso a primeira vez que vejo alguém. Não é incompatível com a minha outra característica, o meu bom feitio, referido na resposta à 3.

9. O que é perfeito? Nada, ora! E ainda bem, senão não teria com que e quem implicar. Mano, EU SEI! Gente, é o "senão".
10. Culpa? Claro que sim e até já estive na cadeia aqui do burgo cerca de 9 meses. E até gostei. Excepto as últimas duas semanas.



Sete factos aleatórios sobre mim:


1. A pele da minha cara é seca e nem sempre a trato bem.

2. Tenho uma tatuagem que não consigo ver. Perguntam vocês? “Então para que a fizeste?”, o que eu acho uma excelente questão. Até hoje nunca me arrependi.

3. Parto-me a rir com o SpongeBob & Companhia, que vejo diariamente, em vez dos noticiários da noite. Sim, eu sei que sou bué de básica.

4. Falo comigo própria em voz alta e não só quando estou sozinha. Acho que serei uma velha chata e resmungona.

5. Ainda não arrumei as decorações de Natal de 2011. Também só faltam 340 dias para o próximo. Façam as continhas, sim? Posso ter errado.

6.  Acho-me deprimente, chata, desinteressante. Obviamente que espero que quem me leia tenha uma opinião diferente, não necessariamente melhor. Escusam de comentar esta.

7. Caso tivesse optado pela prossecução de estudos, após a licenciatura, Paul Auster seria o autor sobre o qual me debruçaria com muito deleite.



A quem é que ofereço este prémio?
A cinco gajos e a cinco gajas, a saber:
  • Ska, Riquinho, Mano, Ted, Catsone.
  • Pusinko, Julie, Utena, Chata, Mammy.
Porquê estes? Sou curiosa em relação a algumas destas pessoas e gosto de provocar outras. Os próprios que decidam em que razão se enquadram, que eu não revelarei a minha. Pensavam, se calhar...E ai de quem não alinhar nisto. Nunca mais publico comentários vossos! Ahpoisé! Sou má cumás cobras!


Regras:
1. mandar o link para a pessoa que nos ofereceu

2. preencher o formulário com as perguntas

3. oferecer a 10 blogs e informá-los por comentário ou e-mail

4.  partilhar 7 pensamentos aleatórios sobre nós

Mais uma pedinchice

A minha lista de seguidores empancou no quinquagésimo quarto. 54 followers. Nada mau para um blogue que tem mais de 6 anos de existência e não vende nada a ninguém! Mas eu não gosto daquele número e não me apetece explicar porquê. Haverá alguém no seu imperfeito juízo que se queira acrescentar ali só para eu não ver aquele malfadado número tão juvenil? 
Antecipadamente agradecida.


To do ASAP

Receber com boas maneiras o que me foi gentilmente oferecido por uma desconhecida. Maria, não está esquecido.