quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O Anónimo pediu

A importância do caroço da azeitona na produção de arame farpado 

Se tivermos em conta que o arame farpado tem como função ser esticado e colocado num local como meio de protecção desse local, de modo a que os eventuais assaltantes se sintam persuadidos nas suas acções e pensem duas vezes no que pensam fazer, há que cogitar profundamente no material de que o arame farpado é feito. 
Se o arame farpado contiver algodão, obviamente que os assaltantes vão longe na sua demanda. 
Ora, se for feito com caroços de azeitona, já os assaltantes serão capazes de não ser bem sucedidos. Senão, vejamos: os caroços são duros, como já todos tivemos oportunidade de comprovar quando aquele dentinho se partiu antes do almoço de família, logo resistentes às  intempéries do exterior. Unam milhões de caroços de azeitona com super-cola3, ao comprido; façam isso de modo a obterem cabos de caroços de azeitonas suficientemente compridos para proteger o tal local; entrelacem esses cabos de caroços de azeitonas colados com super-cola3 uns nos outros, para lhes dar mais resistência. Quando tiverem metros e metros da coisa, cubram os cabos ao milímetro com pioneses coloridos. Pendurem à volta do local.
Depois venham cá dizer se a produção aumentou ou não, ok?

Pensem bem antes de responder

Quem quer, quem quer
Uma musiquinha de Natal cantada pela je?

Da profundidade das nossas conversas

Bloga
Diga-me...
 
me
tou de boca cheia. Agora não quero dizer-te nada. Passa cá mais logo
Bloga
Só tenho 20 minutos de gasolina...
 
me
e eu tou a comer e não quero lançar-te nenhum perdigoto, tá bem'
 
Bloga
Nem por isso mas como estás armada com talheres afiados...
 
me
faca afiadíssioma!
 
Bloga
Viperina...
 
me
um cadito, sim...mas nada que não se resolva com um penso rápido.
 
Bloga
E bués de betadine, bués...
 
me
isso??? mariquice pegada!! Onde é que já se viu...a Avó Natalina não usava betadine em nada, ora
 
Bloga
Mercúrio-cromo...
 
me
sim, isso ela traficava lá na mercearia, sim...
 
Bloga
Usava aquilo em tudo até na cabidela...
 
me
Acho que ainda usa, segundo me constou pelos últimos relatos familiares
 
Bloga
Mediunica...
 
me
santinho.
 
Bloga
Viva...
me
Ai tu espirras para cima do meu manjar e dizes viva???
 
Bloga
Sou um mãos largas no que diz respeito a certas coisas...
 
me
dispenso os teus germes. Next...
Bloga
Vou almoçar com o meu tio postiço...
Beijo.