sábado, 12 de outubro de 2013

Ontem ofereceram-me um livro

O seu autor dedicou-me umas palavras singelas e simpáticas, e datou-as. Fui informada de que receberia uma prenda altruísta e sorri nessa altura. E ontem sorri novamente. Veio duma pessoa estranha, que certamente nunca virei a conhecer. Contudo, o nome, do autor e do livro, esteve e está em alguns escaparates, para ser lido e apreciado. Ou não.
Gostei muito do gesto e vou ler estas páginas. Mesmo que as ache lamechas e enfadonhas. E se as achar divertidas e informativas e inspiradoras ainda melhor. Vou lê-lo até ao fim. A pessoa merece esse respeito. 
Obrigada.

12 comentários:

  1. Já estive nessa posição. E achei tão giro...

    Boas leituras :)

    ResponderEliminar
  2. Eu sei quem foi, eu sei quem foi e a mim também me ofereceu, dois...e adorei.
    Ri e chorei, mas chorei mais do que ri, e nem sou muito de lamechices.
    beijinho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gisela, a inicial do primeiro nome, sff :)

      Eliminar
    2. L... e a última S. Fico desolada se disser que me enganei. :)

      Eliminar
    3. Gisela, é isso mesmo! :) Posso saber como acertaste?

      Eliminar
    4. Porque é um amor de senhor que me distingue com a sua amizade e simpatia, e sei que oferece os seus livros às pessoas com quem simpatisa.
      Sei que vais gostar, e não, não é livro para ser usado como papel higiénico. Vais ver como me vais dar razão.
      Beijinho para ti e para o meu encantador amiguinho, L.

      Eliminar
    5. Gisela, claro que não o usarei como o anónimo sugeriu, nunca fiz isso com livros.
      Obrigada e igualmente.
      Já agora, por curiosidade, estarei eu a comunicar com alguém que eu conheço, mas de forma diferente? :)

      Eliminar
    6. Já tive um blog, mas encerrei-o mais ou menos há um ano porque não tinha vagar para o gerir, mas o teu era um que lia e mais uns quantos e quando posso venho fazer uma visita a eles. Quando calha assino como anónimo, mas pus o meu nome para o meu amigo escritor saber quem sou. E para saber que foi ele que te ofereceu, não te esqueças que no teu post lá em baixo vocês falam nisso, porque sem isso não ia adivinhar porque não sou bruxa, não achas? :)

      Eliminar
    7. Gisela, foste rápida a fazer essa associação. Estás atenta. Sim, chegar-se-ia à pessoa somente desse modo.
      E já vi que me enganei na pessoa, pensei que fosses outra. :)

      Eliminar
  3. Ontem o valter hugo mãe esteve em Vila do Conde a apresentar o seu novo romance “A Desumanização”...

    Será este o livro que recebeste?

    Já agora se não gostares, sempre podes usa-lo naqueles dias em que te falta o papaelo higiénico na casa de banho...
    http://pseudoblogdapseudo.blogspot.pt/2013/09/duvida-escatologica-ha-quem-diga-que.html

    ;) Smile

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não foi esse o livro que recebi, nem foi desse autor.

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.