quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O dia de amanhã

Até tremo só de pensar no que poderá sair daqueles envelopezinhos. Se dependesse só de mim, a minha médica de família não teria trabalhinho nenhum!

Ventos de mudança

Ando a pintar as unhas de 2 em 2 semanas e só o faço com esta frequência porque me farto da cor e não porque a pintura se estraga. Lavar a loiça, usar esfregão de aço, lavar as mãos, fazer trabalhos manuais...nada disso tem afectado o verniz, que é de facto milagroso para quem, até há 3 ou 4 meses atrás, acharia impensável a adopção deste hábito de beleza feminino. Um destes dias até apareço com as unhas pintadas de azul ou verde, vão ver!