segunda-feira, 19 de maio de 2014

Não há como pedir, que as coisas aparecem

É o que faz ter bons amigos, mesmo que nunca os tenha visto mais gordos à minha frente. A que se segue foi a primeira boa surpresa do dia. Obrigada, amigo :) Experimentem e depois venham cá dizer, sim? O amigo também agradece a vossa opinião, de certeza.

Açorda de Marisco


Ingredientes:
Pão (de preferência rijo, com três, quatro dias)
Água
Alho
Cebola
Creme de marisco
Azeite
Piri-piri, sal, pimenta, louro
Camarão, ameijoa, mexilhão, sapateira, lagosta (descascados)
Coentros
Ovo

Preparação:
Demolhar o pão em água.
Cozer os mariscos e descascar; da sapateira aproveitar apenas a carne das tesouras e da lagosta o lombo e desfiar.
Picar o alho e a cebola e refogar em azeite com o louro, a pimenta e o piri-piri; quando a cebola estiver “transparente”, juntar um pouco de creme de marisco.
Ao refogado juntar o pão (apenas o miolo), depois de amolecido e escorrido e misturar bem.
Apagar o fogo. Acrescentar o sal.
Depois de estar consistente, juntar os camarões, as ameijoas e os mexilhões descascados e a sapateira e a lagosta desfiadas. Juntar os coentros picados
Deve servir-se logo de seguida, e momentos antes de servir juntar um ovo inteiro por cada pessoa e misturar bem.

Numa escala de 1 a 10

Trouxe alças e sandálias bem descapotáveis. 


Quão molhada vou chegar a casa?

Então, moça, o ginásio hoje...?

A cama estava mesmo boa e as minhas pernas estão a dar o berro.