quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Casas irlandesas

Há casinhas lindas, pitorescas, daquelas que lemos nas histórias infantis e contos de fadas. Há casas todas iguais por fora, o que é algo monótono, mas até torna um bairro organizado. Há casas enormes, senhoriais, no meio de uma propriedade verde. Há prédios para todos os gostos, feitios e carteiras. Deixo aqui uma pequena amostra do muito que vimos, tanto em centros urbanos, como em zonas rurais.

(Belfast Castle: a casa de um caloteiro, segundo reza a História.)

(Belfast: Muitas ruas filhas da Revolução Industrial.)

(Rua simpática em Trim, cujo castelo tem o mesmo nome, e onde achei estas casinhas levemente coloridas bastante encantadoras.)

(Algures um bairro simpático, ordenado e limpo, onde havia "casas transparentes", diria o Ness.)

(Bairro em Belfast, bastante menos bonito, com muito mau aspecto, perto de Falls Road.)

(Doolin: algumas das lojas locais, a darem um colorido engraçado ao local.)

(Doolin: as casas que pintam a paisagem verde.)


(Algures, depois de Doolin e antes de Galway: ainda se vão vendo algumas com telhado de colmo.)

(Algures. Desconfio que alguém entrou em propriedade privada para tirar esta.)

(Devem ser pobrezinhos, os proprietários desta pequena quinta, algures numa das estreitas estradas que percorremos...)