sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O que não fiz nas férias

  • Não apanhei sol a mais em lado nenhum à custa de algumas manhãs e tardes bem soalheiras. Ai a televisão, a televisão...
  • Não comi conquilhas. Talvez para o ano.
  • Não dei grandes passeatas na praia. Mais um passo para o lado e era capaz de esbarrar em alguém, quiçá em gente conhecida e do Norte. Arre!
  • Não bebi demais. No entanto, foi necessário, não por minha causa, adquirir mais 4 garrafas de tinto que a água daquela terra não satisfazia ninguém.
  • Não me coibi de comer bolas de berlim e de lamber os dedos no fim.
  • Não comi uma única sardinha, nem assada, nem cozida, nem estufada, nem o raio que a parta. Que caraças! Acho frustrante!
  • Não atendi telefonemas de gente chata nem respondi a e-mails. 
  • Não parabenizei o aniversariante no dia 21 de Agosto. Ele não se deve ter importado muito. Mas se for o caso, considera-te parabenizado...:P
  • Não fiz uma única refeição no Chaminé. Com alguma pena, mas crise é crise!
  • Não comi pão ao pequeno-almoço e não lhe senti a falta. 
  • Não me cruzei com a Raquel, por desencontro de horários, nos dias da minha ida e do regresso dela.
  • Não visitei o mercado municipal de Tavira, infelizmente, pois gosto bastante de apreciar o colorido dos produtos expostos.
  • Não consegui acabar de ler um único livro, dos três que levei. Terminei o último do coquette do Pedro Boucherie Mendes, "Ídolos", comprado na feira de livros local, e que achei algo repetitivo e enfadonho na parte final, mas bastante directo e elucidativo.
  • Não andei de comboio nem de bicicleta nem de charrete.
  • Não acabei com a garrafa de Licor Beirão; ficou sensivelmente a meio; menos mal.
  • Não berrei demasiado com o filhote, sinal de que ele está mais crescido, apesar de tudo. O meu pai concorda.
  • Não me esqueci do aniversário da minha amiga de infância, a P., que também entrou nos "-entas" há 2 dias.
  • Não clickei uma única vez na máquina fotográfica. Sou um caso perdido nesta área. Felizmente, há quem não seja.
  • Não acompanhei a minha pequena blogosfera durante 15 dias. Hip-hip hurray!
  • ...