segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Falemos de tulipas

Eu gosto de tulipas. Ponto. 
Têm seis pétalas elegantes e um porte majestoso. São coloridas para todos os gostos e ficam bem em qualquer sala ou ramo de noiva ou simplesmente para ofertar a alguém. Um campo de tulipas é um hino ao que a natureza nos oferece, é um poema colorido que apela à boa disposição. As tulipas têm uma natureza feminina, requerem manuseamento cuidadoso, têm significado de acordo com a cor. São flores bonitas. Ponto final.

(Já estão a ver onde isto vai dar um destes dias, certo? Pois, portanto já sabem...)

De como os anónimos têm "muinta" força ou de como reclamar surte "muinto"efeito

Pronto, aqui têm o previamente falado arco-irís e que o Anónimo pediu. Não podem dizer que não vos fiz a vontade e que não tirei as florzinhas. Agora não reclamem mais comigo e leiam o que quiserem e como quiserem, que é também para isso que eu escrevo.

P.S.: reclamem com o anónimo, que passo a citar:

"
Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "Agora sim, agrada-me!":

Credo... bota lá o arco-íris para conseguirmos ler alguma coisinha. A modos que escreves no blog para alguém ler, ou não????"


Fim de citação.

Depois disto, vou ser expulsa daqui

Quem é a favor da remoção destes fundos floridos que deixe um comentário, saxâvor.