segunda-feira, 30 de junho de 2014

Convicção inabalável

O que sobra em tempo aos machos saradões que estão a bombar no ginásio às 22h da noite como se não houvesse amanhã falta-lhes em pinanço. 

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Para breve....

...novidades.

É só a mim que me irrita solenemente

A rádio passar sistematicamente a nova música do defunto Jackson?

Para reflectir e partilhar conclusões

                                                                                                                                                                *Post Brejeiro

"Vai levar no cu!"

Há ou não situações e contextos em que esta frase não é uma ofensa? (vem isto a propósito duma conversa tida ao final do dia.)

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Docinho, docinho...

Sou só eu que não gosto disto ou o clube é grande?

Indecisão

Tenho aqui um texto à maneira de um dos sócios. Não sei se o publique agora, contra a sua vontade, só para o chatear; ou se espere pacientemente até à data prevista. É que o gaijo até escreve bem, quando quer.
O que acham vossas excelências: publico hoje ou mais tarde?

La Makina

Descobri que a melhor forma de pôr o cérebro na prateleira é seguir a minha adorada Ana Malhoa, Lamakinadefiesta, no Instagram.

A chave do Euromilhões do mais ajuízado dos 4 sócios

  • 13-17-23-29-34
  • 1-6
Diz ele que hoje alguém irá ganhar 5-2. Tá bem, abelha...

Eu admiro esta gente

Quem é que está no ginásio ou a caminho dele a horas de trabalho de gente normal todos os dias?


Não trabalham, não fazem nada da vidinha, a vidinha deles é aquilo ou estão de férias?

quarta-feira, 25 de junho de 2014

A minha bicha gosta de pôr o rabo de fora

E de ir para os cantos. Quantas vezes não a encontramos debaixo do sofa, num dos cantos, bem protegida das intempéries caseiras!
Aqui está ela, de boa saúde e a crescer a olhos vistos:

terça-feira, 24 de junho de 2014

Final de tarde inesquecível

Um destes dias estava eu a regressar de Aveiro para casa, ao final duma tarde chuvosa e trovejante, e não é que batem no meu carro? Alguém que, naquela zona de pára-arranca, costuma olhar para o retrovisor para verificar se o de trás guarda a distância suficiente. Ela, a pessoa, esqueceu-se de a guardar para o da frente. Caraças, que parecia mesmo que trovejava dentro do carro! E o berro que demos? E a dor de pescoço que se seguiu? E a chuvinha que apanhei à conta de ter que esperar pela seguradora dela, da pessoa? E os olhares dos outros condutores, a apreciarem a traseira que por sinal ficou menos estragada que a dianteira dela, da pessoa? Já não bastava ter visto devolvido o dinheiro dum filme que até estava a gostar de ver, mas que foi interrompido por 3 vezes devido à trovoada local. Tinha mesmo que ser abalroada por trás à chuva! Arre!

Rentes de Carvalho e a Júlia da Farmácia

Diz, no tasco onde tomo café, que o livro que estou a ler deve ser tão bom que lhes levo a chávena para o balcão quando me vou embora mas esqueço o livro na mesa e que no momento exacto em que volto para almoçar nem tão pouco me tinha conta que não o tinha...

Calúnias.

Estava aqui a pensar

Que tenho que fazer muitas contas à vida para saber há quanto tempo não pego num cigarro. Sei que peguei num num jantar à varanda e numa anteestreia com o BFF. Dia? Algures em data incógnita que se quiser saber é procurar. No blogue, inclusive.

A menos que associe determinados eventos a determinadas situações, não sei a quantas ando. 

Mais alguém como eu?

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Conversas de homem ao almoço

Uma hora. 

Uma hora a falar de futebol, do Mundial, do ganha este, Ah não, ganha aquele, que organização brutal, aquela FIFA tinha tudo pensado, os árbitros têm que ter preferências, e aquilo da paragem aos 30 faz perder o ritmo, voltamos aos coxos da selecção, que eu fui para a cama, e eu também que só vi o resultado hoje, compara a princesa do Ronaldo com o jogo do Costa, e chegar ao intervalo tão bem já foi uma paiada, e viram as camisolas dos americanos coladas ao corpo?, o problema foi da humidade, 70% não é muito, era mais que dei-me ao trabalho de ir ver ao telemóvel, cá para mim ganha o Chile, não me admiro que seja uma dessas outsider, sul americanas habituadas a esses calores tropicais, o grupo da Grécia é que é muito mau!, essa já saiu?, nós é que não temos hipótese nenhuma, os dois alemães vão combinar aquilo tudo, poupam-se para os oitavos, vai ser o jogo mais chato de sempre, o Beto 'teve bem, o pico da nossa selecção foi em 2002-2004, antes dessa a de França também não estava mal, acho inaceitável é irem para lá a caírem de podres, jogaram até tão tarde, vocês viram Espanha?, é uma questão de hidratação, há suplementos para isso, desta vez sinto menos esperança, alguma vez esperaste alguma coisa daquela equipa?, há 4 anos já eliminados daquela maneira, e há 8 anos com o Scolari a dizer que ia embora, a Bélgica? Não brinques, nunca foram grande coisa mas este ano estão com uma grande equipa, enfim e na quinta o jogo é quando?



É feio, eu sei mas partilhámos a mesa. E os 4 NÃO SE CALARAM. E só me dei ao trabalho 20 minutos antes de me vir embora. E eles continuaram. 
A saber. Tenho futuro como dactilógrafa.

Puseram a mordaça ao sócio, não foi?

Melhor que perder é empatar nos últimos segundos do jogo.


Ainda que tenha dúvidas que sirva de muito...

sábado, 21 de junho de 2014

Voltámos aos policiais suecos lidos num ápice

Um misto de conforto caseiro e familar com morbidez e segredos partilhados, num equilíbrio perfeito capaz de me manter acordada até às tantas. Gosto. Venha o próximo!

Primeiro dia de Verão

Quem é que já apanhou uma molha hoje?

sexta-feira, 20 de junho de 2014

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Ai, pecados da minha vida

Um miúdo com 12 meses feitos no sabado.
Uma avó com mais de 65 anos.

- Qu'é que quer? Qu'é que quer? Por qu'é que 'tá a chorar? Diga lá. Não chore. Já vamos passear. Ai, não chore!!


Eu queria dar-lhe um soco no nariz, sem querer!,  para ela ter razões para falar anasalado.

Voltámos a ser espanhóis

RTP2 a passar a cerimónia de coroação do Felipinho.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Aprenderam?

Quantos de vocês gozaram com os 5-1 da Espanha?


Cuidado. Portugal joga Domingo.

Sócia, era disto que falava no outro dia


Alguém acha isto bonito / elegante / sensual / atraente / whatever ?

Voltei à tasca

Aquilo não é sítio para almoçar, sabendo que depois da paparoca tem que se regressar ao trabalho.
Aposto que nenhum de vós paga diária a €5,50 com direito a pão, bebida, sopa, conduto, sobremesa e café. E ainda por cima servem umas moelas maravilhosas!

Cada vez mais dou por mim a pensar

Que a melhor forma de se perder peso é com uma intoxicação alimentar valente que não te deixa comer e que te faz deitar fora tudo o que já comeste ou com uma amigdalite e gengivite associada que é para nem conseguires mastigar o que não consegues engolir.

terça-feira, 17 de junho de 2014

É impressão minha...tardia

...ou o blogger, visto no firefox, não permite mais ver as actualizações da nossa blogosfera, pois só mostra um texto de cada vez?

Há algo estranho nesta imagem

...e eu não consigo decidir o que referir em primeiro.bowling.jpg

Confirmo

As tascas e tabernas portuguesas servem muita bem, pelo menos as do Minho! E quando a paisagem permite vislumbrar montanhas e o verde minhoto a toda a volta, há mais um motivo para voltar à tasca, originalmente construída em pedra e cujo interior mantém as suas características rurais e agrícolas. P'rá próxima afiambro no verde! Haja tempo livre à tarde!

1001 maneiras de "caracolar"

Cito:

"Cá vai, conforme prometido e com título sujeito pel’ A Chata. Não serão 1001 maneiras, mas sim 5, que já chegam bem para uma bela tarde de ranhosos e jolas. Lá vai:


Os caracóis cozidos, os pequenos:

Lavar bem os bichos (duas águas, três se tiverem muito sujos);

Colocá-los numa panela e acrescentar água fria, de modo a que fique um cm (um dedo) abaixo dos caracóis. Levar a lume muito brando de modo a que os bichos saiam da casca e faleçam de fora, para não ser necessário usar o belo do palitinho.

Logo que o óbito esteja confirmado, juntar aos bichos 3 ou 4 dentes de alho esmagados, uma mão cheia de cebola picada, um caldo de galinha (knorr ou outro), louro, sal e picante, q.b. e orégãos e aumentar o fogo. Deixar levantar fervura e deixar cozer durante 2, 3 minutos e retirar do fogo. Servir de imediato.

Nota: para que o sabor a orégão não seja muito intenso e o molho não fique muito escuro, usar uma rede de chá para os cozinhar e retirá-los logo que desligue o fogo.


As caracoletas grelhadas, os grandes:

Nada que saber. Lavar bem as caracoletas. Numa chapa de inox (ou numa paelheira com fundo grosso) coloca-las com a casca para baixo e cobri-las generosamente de sal. Quando estiverem mortas, virá-las para que assem e sequem o resto de líquido que restou na casca. Servir com um molho confecionado com margarina vegetal, azeite, sumo de limão, mostarda, sal, louro, alho e piri-piri.


As caracoletas ao alho:

Lavar muito bem as caracoletas e cozê-las da mesma forma que aos caracóis, temperando-as apenas com um pouco de sal e orégãos. Depois de cozidas, descascá-las e reservar.

Numa frigideira anti-aderente, colocar alhos laminados em quantidade generosa, azeite, sal, piri-piri, e as caracoletas descascadas. Levar ao lume bastante forte e deixar fritar bem, sem deixar queimar os alhos. Logo depois de retirar do lume, acrescentar um pouco de vinho branco e deixar evaporar. Servir num recipiente de barro, decorado com coentros frescos picados e duas rodelas de limão.


As caracoletas com ovos mexidos:

Procede-se do mesmo modo que anteriormente com as caracoletas;

Depois colocam-se numa frigideira anti-aderente com alho picado (de preferência no 1,2,3), orégãos, sal, azeite e piri-piri; deixa-se fritar o alho e as caracoletas e acrescenta-se o(s) ovo(s); procede-se como para ovos mexidos, usando um “salazar” ou uma colher de pau. Serve polvilhado com orégãos.


As caracoletas ao alho com camarão:

Procede-se da mesma forma que para as “ao alho”, acrescentando-se camarão que se descascou previamente deixando-lhe a cabeça e o rabo e um pouco de vinho branco, que se irá acrescentando durante a fritura se necessário. Serve decorado com  coentros frescos picados e limão em quartos."

Aviso.

Dúvida que me atormenta, quanto à sociedade feminina

Quem por aqui passa, diga-me: acham que a Pseudo (eu) e a Sócia Chata algum dia vão andar numa pussy fight verbal, cujo desfecho passe pelo término da sociedade literária? Por acaso este pensamento ocorre-me amiúde. Porquê? Somos ambas leoas, temos ambas um feitiozinho peculiar, damos respostas à maneira e raramente deixamos escapar uma.
Ajuizem, sim? Todos os prognósticos e fundamentos são bem-vindos, mas...já sabem...

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Ora bolas

Estou numa esplanada e estou com frio.

Respect

Cada um safa-se como pode.
Valorizo muito quem sabe como actuar perante esta onda de calor que se abateu neste país à beira-mar plantado.


Homens no ginásio sem cuecas e com calcinha-fato-treino com o badalo a dar a dar enquanto fazem elevações. 
TOP.
Close call: Shia LaBeouf was seen on the streets of Los Angeles following a trip to the gym on Friday wearing a worn out, way-too-tight pair of pyjama-style trousers and a scruffy jacket with holes in

domingo, 15 de junho de 2014

Factos meteo-bloguísticos

O aumento de temperatura é inversamente proporcional ao número de textos publicados na blogosfera que eu leio. É bom sinal.

sábado, 14 de junho de 2014

Dúvidas. Oh, dúvidas!

Não sei onde vejo mais vajaijas.
Se no ginásio, se na praia de Carcavelos, com maré muito cheia, um palmo de areia e muita gente a invadir as bolhas Actimel alheias.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

A chave do Euromilhões do Sócio mais responsável

  • 10 - 15 -24 - 31 - 38 
  • 1 - 5 
Ele até rezou..."Venham a nós os milhões!"

(Isto foi publicado após ter saído a chave da semana e nem assim sairam os números certos.)

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Casamentos de Santo António

Mas ainda há gente que casa?


Se a televisão pública fizesse um meeting com os casados de Santo António, 10 anos depois do casório, talvez mas só talvez percebesse o desperdício de dinheiro público que esta macacada é.

Oh lisboetas, já fomos à feira do livro?

As farturas estão boas?

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Mais um post sobre balneários

Local: balneário masculino
Hora: após a aula de Educação Física
Assistência: a restante malta masculina da turma

Miúdo 1 - sem querer, atira uma mochila ao chão, a do Miúdo 2.
Miúdo 2 - na brincadeira e com ar de mau, pergunta ao Miúdo 1 "'tás a meter-te comigo?" e atira uma sapatilha que vai parar algures, sapatilha que pertencia ao miúdo 1.
Miúdo 1 - pega num par do calçado do Miúdo 2, atira-o para o urinol e descarrega o autoclismo.
Miúdo 2 - ameaça o Miúdo 1, dizendo que vai colocar o saco de desporto debaixo do chuveiro.
Miúdo 1 - concretiza a ameaça do Miúdo 1, colocando o saco de desporto deste debaixo do chuveiro.
Miúdo 2 - Berra com o Miúdo 1, enquanto recolhe o seu saco molhado.

Miúdo 3 - "Chamem a Professora!"

E pronto: houve guerra de balneário, com direito a castigo, a 2 dias de terminar as aulas - era isto que me esperava quando cheguei à escola do petiz.

Agora adivinhem qual era o meu Miúdo. Obviamente que não confirmarei nem desmentirei. Era um dos três.

Sinto-me na casa de um gajo

Tenho, à vontadinha, apenas e só 1 mL de acetona em casa.

Há coisas que continuo a preferir fazer à mão

E escrever é uma delas, mesmo reconhecendo que o faço mais lentamente do que quando escrevo a computador. E hoje li um artigo bastante interessante que confirma o que penso: manuscrever é de longe mais belo do que escrever numa máquina. É porque gosto de ver a minha caligrafia que a lista de compras continua a ser redigida como é.

(Já sei, já sei: o título é bem mais promissor do que o texto em si.)

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Proponho um desafio difícil

O primeiro que acordar amanhã, antes das 10 da madrugada, vem aqui dar os bons-dias à malta. Pode ser?

Pergunta que s'alevanta hoje...

Quantos são os papalvos que estão a trabalhar?

Conta uma, já aqui.

Voltei

domingo, 8 de junho de 2014

Saiu-me um peso de cima

... agora que já marcámos as férias, numa zona do país que agrada a todos nós, e que não incluirão tendas de campismo, apesar do desagrado de 1 elemento do trio familiar. Venceu a racionalidade e a lógica em detrimento do sentimentalismo bucólico selvagem!

sábado, 7 de junho de 2014

Prognóstico da oferta da semana


Depois de equitativamente distribuídas as 60 unidades dos doces típicos da minha terra pelos adultos que frequentam o meu local de trabalho, posso à priori prever (isto é um pleonasmo, tá bem? E é também aliteração. Já não sabem o que é? Googlem!) as reacções:

- Hummm, que delícia. Dás-me a receita?
- Ui, que saudades. Já não comia disto há imensos anos.
- Obrigada, mas não quero. Não posso engordar.
- Não sei se devo. Alguém quer partilhar metade comigo?
- Podes trazer mais vezes.
- Ui, tão doces. Isto tem imensas calorias. Logo já tenho que compensar no ginásio.
- Isto é para adoçar a boca ao pessoal, não é? 

Se entretanto houver reacções diferentes, actualizo isto. Na segunda.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Oh sócia!!!!

Só reparei agora no header.

DUAS parvas?!?!
Duas senhoras. Do mais alto gabarito.


Verdade ou mentira?

Os números do Sócio que não foi tido nem achado

  • 5 - 14 - 36 - 38 - 50 

  • 1 - 10

     "20 milhões a cada um, mais coisa menos coisa" - disse ele.

 

 

Cá a mim outra vez

Aquele cena dos homens verem uma mulher passar-lhes à frente e eles, naturalmente, virarem a cabeça para mirar as traseiras nasceu com eles, não foi?

Sócio, mas tu só pensas em sardinhas?

E os números? Os números! Não te esqueças que foste promovido à força, por unanimidade bilateral.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Ave rara

Segunda vez que a vejo.
Usa roupa justa. A mesma que da primeira vez, por sinal. Top rosa bem justo a esmigalhar o mamaçal e leggings de lycra a esmigalhar o rabão. As mamas são falsas. Trabalhar os peitorais não faz sentido que aquilo não desce nem à lei da bala. Aconselhava trabalhar o glúteo que há ali um claro potencial. 

Saradona.

Loira. Loiraça. Madeixas ainda mai loiras. Penteada de forma naturalmente despenteada. Maquilhada como se fosse para a night. Até batom tem. De cor. Brincos grandes. Gigantes. Até para mim que sou adepta. 

Treina pouco. Passa mais tempo a mirar ou a querer ser mirada. Quando se agacha, decote bem generoso e cu bem espichado.


Podia jurar mas mesmo jurar que já foi um homem.

Já estou naquela fase da minha vida em que...

Para não me esquecer de uma conversa que preciso ter, ponho alarme no telemóvel.
Para me lembrar de marcar aula no ginásio, ponho alarme no telemóvel.
Para saber quando tenho que sair do treino e ir para os balneários para não chegar tarde ao trabalho, ponho alarme no telemóvel.
Para me lembrar de telefonar a este, ao outro e a mais alguém, ponho alarme no telemóvel.

Já estou velha?

Digam lá

O que vamos conversar hoje?

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Cá a mim

Agora que me acabou a Grey e o Scandal e aquilo da mãe e o Ressurrection e o Mentes Criminosas e afins, o que vou ver, hmmm?

Tanta pressa, tanta pressa

... e hoje (de manhã) - dia de publicação da classificação dos miúdos, pelo IAVE - o envelope ainda estava trancado a sete chaves no cofre da escola. Enfim...

Curiosidades ou dúvidas existenciais

Ontem à noite, lá vi aquela coisa da Guerra dos Tronos. A páginas tantas, a loiraça mamalhuda mãe dos bichorros cuspidores de fogo fala do pénis e sus pendurezas como o Pilar e as Pedras. A-do-rei.


A minha dúvida é:
Que mais lhes chamam vocês?
Que mais pérolas há por aí escondidas?

terça-feira, 3 de junho de 2014

Mais treze e tem a idade do JC


Balneário feminino

Marcas de bikini.
Cuecas, tangas, fios dentais, lacinhos.
Soutiens de renda.
Mamas. Mamas. Mamas e mais mamas.
Vajaijas. Vajaijas.
Rabos. Rabos. Rabos.
Vajaijas, rabos e mamas se elas se estiverem a secar as perninhas.
Duches cheios em hora de ponta.
Duas tipas a partilharem a mesma cabine. Muitos risos.


Quem disse que ir ao ginásio é uma tortura?

Evolução

Ver uma miúda a estudar whatever num samsung galaxy. 


Eu tinha que escrever e deixar o livro todo fluorescente...

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Informação de última hora

Foi tomada a seguinte decisão bilateral e unânime, na ausência do Sócio R. e da Sócia Chata:
-porque o Sócio R. lançou os números na última semana, pela primeira vez na vida desta sociedade de gente estranha e parva;
-porque o Sócio R. acertou em dois números (24 e 27) e uma estrela (6);
-porque a sociedade ganhou €7.55 na sexta-feira; 

- passa a ser ele o lançador oficial dos números milionários deste tasco. Assim, é com enorme prazer que anuncio que o Sócio AA mudará de alvo das suas críticas.

Esta decisão, como qualquer outra que se tome neste tasco, é irrevogável.

Cúmulo televisivo

O Paulo Futre a publicitar LibidiumFast...Há alguma coisa que este rapaz não consiga vender?

(Já vi lixo que chegue por hoje.)

Indecisões capilares

Não sei se gosto mais da juba e barbicha do Raúl Meireles se do bigodinho e barbinha do Hugo Almeida. E adoraria saber o que passa na mente dos jogadores enquanto estão presentes numa cerimónia chata para cumprir calendário.

Entrevista no Rock in Rio

- Então o que acham do Justin Timberlake?
- Adoramos-o.

domingo, 1 de junho de 2014

Esmifradinha até ao tutano

Após 2 horas a jogar Monopólio hoje à tarde, demos por terminado o jogo, pois o tempo urgia. Não estando oficialmente terminado, em que ponto fiquei eu?

- 6 propriedades hipotecadas à Banca;
- apenas umas centenas de trocos (quando o jogo lida com milhões), fruto de pequenas rendas;
- 4 estadias na prisão, sem qualquer cartão vitalício que me permitisse usufruir de liberdade:
- pagamento da renda de 3, três, TRÊS hotéis (ninguém fica de pé e honrada depois dum abalo destes);
- salva pelo relógio e pela hora pré-combinada do final do jogo.

Apeteceu-me dizer uma grande asneira. P'rá semana há mais e possivelmente o jogo será a 7. Vai ser bonito.