sábado, 3 de agosto de 2013

Casa de ferreiro, espeto de pau

"Manel, abre o rego!"
Sou do distrito de Aveiro há 40 anos e só hoje, pela primeira vez, andei num moliceiro, Ria abaixo, Ria acima, enquanto apreciava e sorria com o que lia nos outros moliceiros que se cruzavam com o nosso. Muito bem acompanhados, entre outros, por uma família com um bisavô que cantava  ópera para adormecer o bisneto. Muita paródia com alguma história do bacalhau e do sal à mistura.