domingo, 5 de maio de 2013

Piadinha sonsa

...estávamos na fase dos cafés após a refeição e eu olho para o pacote de açúcar, que era daqueles temáticos, com uns textos giró-informativos. A mim calhou-me um sobre as chaminés algarvias. Pergunta-me um dos cunhados:
-Faz colecção? - (sim, porque ele trata-me por "você", não sei porque carga de água, quando há uns anos o fazia por "tu"...enfim...)
- Não. Só gosto de olhar para o pacote.  - digo eu, sem perceber o que tinha acabado de dizer.
- Eu também. - diz o MQT, sem que eu tivesse alcançado o significado destas palavras, de tão embrenhada que estava a ler o pacote do cunhado, acerca do pavimento geométrico típico da calçada portuguesa.
 E desatam-se os dois a rir, com aquelas risadas anormais de machos que indicam que só eles é que perceberam a piadinha, o que naquela situação até foi verdade. E eu, ainda distraída e a pensar em pedras pretas e brancas, pergunto, com tom de sonsa:
-Estão a rir-se de quê?

Básicos! Tão básicos!