terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Até corei ao telefone

Estava eu na fase de pedido de informações, afim de desbloquear um dos telemóveis cá de casa, quando me sai um "what the fuck", com todas as letras, articuladas pela minha pessoa, seguido dum pedido bem corado de desculpas a uma pessoa que nunca vi e que me responde gentilmente: "Não se preocupe, estamos habituados."
Só sei que se tivesse um buraco aqui na sala, enterrava-me!