segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Já cá canta

Na versão inglesa. E ainda não li as últimas páginas, mas não deve passar desta semana atribulada. Haja horas pela noite dentro...

Atribulado

É um excelente adjectivo para descrever o meu último dia de férias. 
E a conta telefónica vai ser uma surpresa desagradável, vai...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

O que faz uma diferença de 3 décadas

Hoje em dia, alguém com 13/14 anos, já terá ido a mais sítios novos e feito mais coisas novas pela primeira vez do que alguém com 13/14 anos há 30 anos. No sábado há paintball e eu ainda nem karting experimentei...

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

P'ró jantar

Depois duma noite escura às claras, testemunha do chilreio madrugador dos passarinhos aqui da terrinha e do bater de portas da malta da casa a sair para se fazer à vida, pensava eu que iria conseguir dormir qualquer coisica ainda de manhã ou quiçá a sesta. Tá bem, abelha! 
Tá ali um empadão de carne à maneira, à maneira da minha falecida mãe mesmo, sem purés artificiais nem nada dessas carnes já pré-mastigadas! Tão cedo não me meto noutra andança com tachos, passe-vites e moulinexes, não!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Pensava eu que já tinha visto muita coisa

Mas a verdade é que não.
Hoje, pela primeira vez, vi, no meio duma das rotundas mais movimentadas da cidade de Aveiro, precisamente ali ao lado da Ria e da Capitania, uma mulher chinesa de parar o trânsito. Tirava fotografias a uma outra rua, pedestre, localizada à sua frente. E os carros atrás dela, parados, à espera do final da tarefa. O que vale é que está tudo de férias, senão a mulher tinha levado com mais do que apenas buzinadelas.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

O sabor que não esquecerei tão cedo

Houve muitos, mas o que gostaria de destacar é o sabor duns pastelinhos de bacalhau recheados com queijo de ovelha, ingeridos numa determinada casita lisboeta. Nunca tinha ouvido falar de mistura tão estranha nem me pareceu, a priori, que os dois sabores se dessem peculiarmente bem. A verdade é que é mesmo bacalhau com queijo, tudo enrolado consistentemente numa massa que vai a fritar, aquilo que deglutimos enquanto sentimos algo a derreter pela garganta abaixo. 
Uma pena que seja obscenamente caro, porque até é bem saboroso; como alguém conhecido disse, e bem: "uma armadilha para turistas..."

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

A imagem que não esquecerei tão cedo

A água prateada do Atlântico, antes das dez da manhã, sob um céu azul limpo de nuvens, ladeada pelas arribas verdejantes e luxuriantes, a caminho duma praia lindíssima, talvez a mais linda que alguma vez vi durante toda a minha vida, onde jamais voltarei a pé. Ali bem perto de Sesimbra...

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Indecisão difícil (mais uma)

Almograve ou Samouqueira? É que não sei não...
E ainda não repetimos nenhuma!

domingo, 2 de agosto de 2015

Primeiro domingo vicentino

Entras numa loja local, àquela hora tardia, para perguntar onde podes comprar pasta de dentes, - para já, parece ser a única coisa que ficou esquecida - e sais de lá com um saco de bombons. Não está mal, p'ra primeira noite, não. E o que, em anos anteriores, avistavas ao longe, da estrada que te levava para outros rumos, tem agora muito bom aspecto. O mesmo se pode dizer da primeira praia visitada, até cerca das 11 horas da manhã. Depois dessa hora, já se ouvem demasiado perto as conversas alheias. Logo há mais, noutro lado, sem vigilância e mais ao natural.