segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Liberdade, Liberdaaaaaadeeeeeeeee...AIIIIIIIIII!

PUMMMMMM.........zzzzzzzzzzzzzzummmm........catrapummmmm..uhhhhhhhhhhhhhhhhh, ai que me dói a mão, ai que a pintura da campaínha esfolou toda, ai que não consigo mexer a mão esquerda, ai que temos que desinfectar a ferida, ai o sangue que não pára ...tudo acompanhado duma choradeira que durou uns bons 10 minutos antes que ele se atrevesse novamente a montar a dita cuja, donde antes tinha berrado em plenos pulmões o que leram como título.
Faz parte.