sexta-feira, 15 de julho de 2011

Estou numa de relaxe, finalmente

Tendo-me dado ao luxo de hoje acordar por volta das 10 da manhã, fui tomar o pequeno almoço ao café da esquina, sentadinha e enquanto lia o jornal.....tudo coisas que nunca faço durante o ano. A dona estranhou a minha postura e comentou, o que deu origem a um agradável bate-papo durante o qual eu expliquei porque estava ali tão descansadinha, pois habitualmente entro para tomar café e em 2 ou 3 minutos, ponho-me na alheta, que eu sou pouco dada a conversas, especialmente de manhã.
O meu "monstrinho" foi entregue ontem. A próxima jogada já não me pertence. Estou optimista. Lá para Outubro saberei o resultado. Após a entrega fui para o Porto, gastar combustível e dinheiro e tomar um banho de consumismo. De vez em quando faz-me falta. Daí eu achar que seria incapaz de me adaptar à vida pacata diária duma zona mais rural, como aquela que visito aos fins-de-semana.
Sou definitivamente mulher de cidade.