sábado, 4 de maio de 2013

Concerto no campo

Ontem à noite houve concerto campestre. 
O petiz assistiu pela primeira vez, de forma consciente, a um concerto popular, no meio duma multidão de gentes do campo. Chegou a casa tardíssimo, bem mais cedo do que ele desejava, contudo. 1:30 da manhã não são horas para um pré-adolescente de 11 anos chegar a casa.
Veio de lá deslumbrado, excitadíssimo com as meninas bailarinas, cujas cuecas pretas se viam quando elas levantavam a perninha mais do que o aconselhável. Chegou a casa algo rouco, de tanto participar no feedback dado ao grupo em actuação. Veio de lá a perguntar o que significava "Maria, quero cheirar o teu bacalhau". Veio de lá sem bateria no telemóvel, após filmar o momento.
Tendo em conta a personalidade do rapaz e a noite de ontem, estou em crer que daqui a uns anos, se os pais deixarem e houver dinheiro para tal, ele será adepto fervoroso de festivais de música, desses festivais a que não se vai com os pais e onde se ingerem e cheiram umas coisas bizarras.
Ai, ai...

O casamento deles

É hoje, há 44 anos.