domingo, 20 de novembro de 2016

A primeira vitória: 24 - 22

Em casa, para gáudio dos progenitores presentes.
"Aleluia!" - disse eu ao treinador, entre outras coisas que ouviu também de outras pessoas.
Já o rapaz saiu amuado, pois, apesar de ser titular, saiu antes do intervalo sem nunca mais regressar; e o que jogou, não (lhe) agradou.
É a vida. Há que fazer por ela!
No próximo domingo, vamos ali a Marrocos.