sexta-feira, 31 de maio de 2013

Hoje recebi um presente, antes das 9 da manhã

Um destes dias, estivemos a trocar impressões sobre a ocupação dos tempos livres pelos jovens de hoje e os jovens de há 30 anos. Eu, portanto...
Disse-lhes que era frequente eu coleccionar. Coleccionar coisas, coleccionar latas de refrigerantes, calendários de bolso, autocolantes dos mais variados tamanhos, cores e formas, e santinhos. Sim, santinhos...aqueles bocadinhos de papel com a imagem de um santo, uma oração qualquer e propaganda religiosa. Também lhes disse que a única colecção que ainda existe desses tempos é a dos calendários de bolso. Tenho, em casa dos meus pais, a apanhar poeira, várias pastas de arquivo com micas de bolsinhos, com calendários desde a década de 30 do século passado.
Adivinhem lá então o que é que um rapaz de 16 anos me ofereceu e eu não pude recusar, por parecer falta de respeito para com o catraio.