sexta-feira, 24 de abril de 2015

Sabem o que comprei, sabem, sabem?

Por €9, preço de grande superfície.
Vai dar um excelente bibelot, vai. Afinal de contas, é um dos tais livros que fica bem em qualquer colecção, "indispensável em qualquer biblioteca", como é referido na contracapa.
Fala de dois homens que decidem ir dar umas voltas pelas terreolas longínquas e que se deparam com personagens e construcções algo estranhas. Ambos se transformam: um deles enlouquece, o outro é capaz de ficar mais gordo, apesar das passeatas. 
Já estão a ver qual é, não já? Ou é preciso mostrar o exemplar, ainda embrulhado?

A patinho feio

Cruzei-me com uma miúda de 21 anos, a quem ensinei umas coisitas há uns anos quando ela tinha 13 e 14 de idade. De patinho feio passou a linda de morrer, sorridente e airosa e com bom gosto na maquilhagem e na indumentária. Disse-me que já tinha tentado pedir-me amizade no feiças, através de alguém conhecido de ambas. Pensei cá com os meus botões: "Agora é que estragaste tudo. Se soubesses o que gosto daquilo..."