quarta-feira, 9 de abril de 2014

É uma bodega, é o que é.

Isto de se ter tecnologia a rodos em todo o lado, 24/7/365 (6 nos bissextos) é muito giro e coiso & tal, mas quando falha, falha mesmo e obriga uma equipa inteira a fazer tudo de novo pela segunda vez, coisas que foram sendo feitas durante meses. Há 13 ou 14 anos, à mão, não acontecia nada disto!

E escreviam-se cartas. E eu gostava de as escrever, enviar e recebê-las de outros. Mas pronto...