quarta-feira, 27 de setembro de 2006

Aviso às campistas



Havia de ser comigo: levava um biqueiro no cu, a bicicleta ia penhasco abaixo e a tenda era completamente desfalcada por moleques a quem eu pagaria com chupa-chupas. Mas isto faz-se?!?!?!?

Post de utilidade pública - não é meu, obviamente!

Pois eu não, mas fiquei agora a saber!

Não sei que título dar a este


Não posso com aqueles ficheiros "extensão .pps"! Então se me são enviados por uma certa pessoa da minha família, é garantido que vão direitinho para o "lixo", sem sequer me dignar a olhar. Já sei que são lamechas: sobre a amizade, cãezinhos, os passarinhos, deus, a vida... para que raio quero eu ver isto? A minha vida já me dá muito que entender, deus é algo que não entendo e que decidi atirar para trás das costas há muitos anos atrás, não oiço os passarinhos aqui em Braga nem guardo cães na minha varanda e amigos/as...tenho alguns e algumas e para já bastam-me! Portanto, já sabem...tenho alergia a .PPS's!
----
Isto foi apenas um desabafo e não era nada disto que eu vinha aqui fazer.
O que eu vim aqui fazer é o seguinte: elogiar um dos pretos mais bonitos que alguma vez vi na televisão e no cinema- o Senhor Denzel Washington!
Além de bonito, acho-o charmoso, com um sorriso de morrer e umas gargalhadas - pelo menos, nos filmes que conheço dele - contagiantes. Dele, da pessoa em si, pouco conheço. Mas posso dizer que é um dos poucos actores americanos que me faz parar o que quer que esteja a fazer para passar hora e meia, duas horas pasmada a olhar para a "caixinha da estupidez", a vê-lo actuar com paixão, a encarnar personagens que me dizem algo, que apelam ao meu sentido de "humanidade" e igualdade social". Gosto de o ver a interpretar personagens sofredoras, mas justas, lutadoras e aguerridas, que estão sempre "contra a maré"! O último dele que vi, já velhinho, foi o The Hurricane - aliás, devo tê-lo visto umas três vezes. Não me canso!
---
Isto tudo a propósito dum e-mail patriótico remetido por um dos meus contactos virtuais americanos, onde vinha incluida a fotografia de cima. O texto alude a uma acção extremamente generosa que o Senhor Denzel levou a cabo e que a ser verdade terá sido pouco publicitada nos jornais nacionais americanos, ao contrário de outras acções anti-americanas por parte de outras estrelas de Hollywood.
Para o meu post, só me interessava mesmo o elogio. Se alguém estiver interessado/a no tal e-mail, é só avisar.