domingo, 13 de novembro de 2016

Luz de Ferro e Céu de Chumbo

Longe de serem temáticas que me agradem - as grandes guerras mundiais do século passado e o Nazismo, visto da perspectiva de um elemento nazi algo revoltado com o sistema que integra -, são temas que qualquer alun@ de nono ano tem que estudar. E este ano o jovem adolescente aqui de casa tem que ler na íntegra uma das duas obras mencionadas no título. Eu já li os dois livros, o primeiro mais rapidamente que o segundo. E continuo a não gostar do tema. E se quando li o primeiro, achei que não era livro adequado à faixa etária do rapaz (e aqui entraríamos noutra discussão tão ou mais interessante: o que é que é adequado a uma pessoa de 14/15 anos ler? quem decide o que é adequado? porquê o tema X e não o tema Y? porque é que (não) é adequado, afinal?), nem sequer tema que lhe interesse, então o segundo ainda muito menos. Apesar de toda a violência que os adolescentes visionam hoje em dia, creio que é necessário ter alguma imaginação, aos 14/15 anos, para conseguir recriar na mente batalhas com tanques, armamento obsoleto, mapas dos territórios europeus ocupados pelos nazis e pelos soviéticos, e localizar no mapa de um determinado país as localidades mencionadas no livro e os trajectos percorridos pelas diversas partes bélicas. Sei que o objectivo de quem o obriga a ler o livro em questão não passa por decorar a toponímia da época nem os nomes dos indivíduos e grupos intervenientes nos conflitos. Questiono-me se não haveria obra mais apelativa, mais cativante, menos feia... para estudar uma época tão horrenda da História europeia.