quinta-feira, 4 de junho de 2015

Das escolhas

A esteticista anterior seleccionava kizomba como música de fundo e eu não gostava; e ela nunca me perguntou sobre os meus gostos musicais quando lá ia; foi pena. Tinha sotaque minhoto.
A actual esteticista gosta imenso de música clássica, de ópera e de música celta; também não me perguntou o que gostaria de ouvir enquanto eu lá estive; mas eu gostei. Tem sotaque da minha zona, fala como eu, entoa como eu.
Conclusão: foi uma boa escolha, a da actual esticista ...e a minha.