domingo, 1 de março de 2015

Citações bíblicas e a sopinha de massa

Ver o Samuel L. Jackson no Kingsman, com boné de baseball e fato de pinguin a falar à sopinha de massa e com fobia a sangue e a violência, depois de o venerar no Pulp Fiction, onde não se coibiu de se expor às situações anteriores, faz-me pensar que o homem deve ter bebido uns copitos momentos antes de dizer "sim" ao papel de Valentine. Verdadeiramente hilariante!
 

A pompa e circunstância final premiada com um rabo principesco foi o último toque dum filme-paródia que me levou às lágrimas.

Ontem tive o prazer de conhecer o Salazar...

... que tem três anos e picos, que colocou o seu braço pequenino em redor dos ombros do meu rapaz (que só tem quase o triplo da altura do Salazar), que encetou connosco uma conversa muito simpática sobre o Xerife e o seu cavalo (cujo nome era Cavalo) e que, quando o meu rapaz lhe disse que andava  numa escola de queques, respondeu com muita graça e rapidamente que andava "numa escola de hamburgueres". Afinal até andam na mesma escola.
Há miúdos levados da breca, e o meu, com a idade do Salazar, era como o Salazar é: irrequieto, conversador, sociável, brincalhão, risonho e simpático. Eu não era nada assim, com a idade deles...