segunda-feira, 23 de junho de 2014

Conversas de homem ao almoço

Uma hora. 

Uma hora a falar de futebol, do Mundial, do ganha este, Ah não, ganha aquele, que organização brutal, aquela FIFA tinha tudo pensado, os árbitros têm que ter preferências, e aquilo da paragem aos 30 faz perder o ritmo, voltamos aos coxos da selecção, que eu fui para a cama, e eu também que só vi o resultado hoje, compara a princesa do Ronaldo com o jogo do Costa, e chegar ao intervalo tão bem já foi uma paiada, e viram as camisolas dos americanos coladas ao corpo?, o problema foi da humidade, 70% não é muito, era mais que dei-me ao trabalho de ir ver ao telemóvel, cá para mim ganha o Chile, não me admiro que seja uma dessas outsider, sul americanas habituadas a esses calores tropicais, o grupo da Grécia é que é muito mau!, essa já saiu?, nós é que não temos hipótese nenhuma, os dois alemães vão combinar aquilo tudo, poupam-se para os oitavos, vai ser o jogo mais chato de sempre, o Beto 'teve bem, o pico da nossa selecção foi em 2002-2004, antes dessa a de França também não estava mal, acho inaceitável é irem para lá a caírem de podres, jogaram até tão tarde, vocês viram Espanha?, é uma questão de hidratação, há suplementos para isso, desta vez sinto menos esperança, alguma vez esperaste alguma coisa daquela equipa?, há 4 anos já eliminados daquela maneira, e há 8 anos com o Scolari a dizer que ia embora, a Bélgica? Não brinques, nunca foram grande coisa mas este ano estão com uma grande equipa, enfim e na quinta o jogo é quando?



É feio, eu sei mas partilhámos a mesa. E os 4 NÃO SE CALARAM. E só me dei ao trabalho 20 minutos antes de me vir embora. E eles continuaram. 
A saber. Tenho futuro como dactilógrafa.

2 comentários:

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.