sábado, 26 de dezembro de 2015

Eu bem disse que não havia duas sem três

A terceira ocorrência automóvel ocorreu há menos de 48 horas, antes da ceia de natal, quando eu conduzia o carro do meu pai e o tirava da garagem ao mesmo tempo que, dentro do carro e de braço esquerdo esticado em direcção à parede, tentava apagar a luz do pátio coberto.
Resultado: não apaguei a luz da garagem sem sair do carro e este beijou o muro, ainda dentro de propriedade privada. Afiguram-se tempos áureos, sim senhor!

4 comentários:

  1. Bem, passada a 3ª, já se pode descansar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. redonda, tenho que pensar assim, tenho. :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Maria, que fique por aqui. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.