quarta-feira, 22 de julho de 2015

Algum camionista que me explique...

...qual é o objectivo de, depois de serem ultrapassados por uma condutora, sozinha na sua viatura, começarem a buzinar e a fazer sinais de luzes. Mas o que é que esperam, afinal? Que travemos logo à frente deles? Que façamos sinais com os 4 piscas ligados? Que paremos na berma e saiamos do carro para lhes dizer adeus? Que lhes mostremos o dedo do meio pelo espelho retrovisor? Que abramos o tecto de abrir e façamos o anterior mencionado?
A sério que me ultrapassa, isto que me aconteceu 2 ou 3 vezes nas últimas semanas em auto-estradas do Norte, enqanto ia e vinha para cima e para baixo. É que uma condutora ainda fica a pensar que tem algum problema na traseira, quando afinal o carro até veio da revisão grande precisamente hoje!

8 comentários:

  1. Também gostava de perceber.

    ResponderEliminar
  2. Sofro com o mesmo síndrome. Só pode tratar-se de uma patologia.

    ResponderEliminar
  3. É uma espécie de aviso/ajuda a dizer ao condutor que já pode ultrapassar para a outra faixa porque já pode fazer a manobra sem perigo. Fazem isso a quase todos os condutures (masculino/feminino), está no "código" da condução de motoristas de pesados. ;)

    ResponderEliminar
  4. Anónimo, vou fingir que acredito, tá bem? :) Engraçado que nunca reparei que tal acontecesse com o meu marido a conduzir e eu ao lado.

    agri & desabafos, esperemos por mais explicações plausíveis. :)

    ResponderEliminar
  5. O teu carro é um descapotável e ias de mini saia? Ou tentaste atirá-los para fora da estrada, enquanto os ultrapassavas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tio!! Mas que insulto! O meu carro tem tecto de abrir, num é desses comprados a prestações sem metade das peças! E eu não uso mini-saia, sabes bem :P E só conseguiria tal proeza se tivesse um camião TIR como eles :P

      Eliminar
  6. O código descrito pelo Anónimo é verdadeiro, pelo menos para quem conduz com a casa às costas, como é o meu caso durante alguns dias no ano. Mas parece-me que no teu/vosso caso se trata de uma interpretação mais rigorosa do dito código, quiçá potenciada pelo tempo quente e, quem sabe, uma forma de manter o condutor do pesado desperto ao volante :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ness, eu acredito plenamente na existência de códigos rodoviários entre camionistas e caravanistas; acho mesmo que é uma medida de entre-ajuda bastante útil. Mas certamente não acreditas que estes sinais façam parte desse código, pois não? É que eu não sou nem uma coisa nem outra. Logo, só posso interpretar tais sinais como algum afago ao ego de quem os faz. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.