sexta-feira, 8 de maio de 2015

E ela a dar-lhe...hahahah!!

Vou dar o exemplo de 2 palavras que demonstram a incoerência e absurdo do (Des)Acordo Ortográfico de 1990:

  • Grafia pré-AO1990: Microondas e Pára-quedas
  • Grafia pós-AO1990: Micro-ondas e Paraquedas

(Acho que tenho que alterar algo no título do post anterior...)


11 comentários:

  1. Soou ou voou lê-se com dois sons diferentes para cada o. Suou ou vuou. Microondas são dois sons iguais, faz sentido que se separem. Paraquedas fez perder o acento grave e o ífen, o que é sempre útil para aumentar a velocidade, e logo a produtividade da escrita. É um tipo que não percebe nada de gramática, ou linguística ou grafia ou o diabo a sete que tem que te explicar isto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "para aumentar a velocidade, e logo a produtividade da escrita".<<<<Ai então este é o objectivo do AO, quando obriga à mudança da grafia portuguesa para que se assemelhe à brasileira. Muito me contas! Deve andar muita gente a escrever muito lentamente e a produzir pouca escrita, só posso concluir isso da tua justificação.

      Eliminar
  2. E mais: "ó" e "on" não são dois sons iguais...ou tu dizes "micróóndas" / micronondas"? .....Balha-te santa engrácia, rapaz...

    ResponderEliminar
  3. Claro que é Micróóndas :P

    Eu já escrevi uma vez sobre isso, por que razão havemos de ter hífenes e acentuação e cedilha que só atrapalham a escrita?

    ResponderEliminar
  4. Ahh...então na tua opinião os "cacadores" deveriam ir à "caca" em vez de irem à "caça"...ou seria "cassa"? :)

    ResponderEliminar
  5. Claro que seria cassa :) Por que razão escreves osso e não oço?

    ResponderEliminar
  6. Fico à espera, Ness, de que estudes Latim para me vires aqui explicar a existência do "s" duplo e do "ç" :) Combinado?

    ResponderEliminar
  7. Respostas
    1. Bem sentadinha, atenta e à espera do que não virá, enquanto faço coisicas bem mais interessantes :)

      Eliminar
  8. Incrível, dessa maravilha de incoerência nunca me tinha apercebido. Do novo AO só gosto das palavras que perderam as maiúsculas e os hífenes, mas é unica e simplesmente por darem menos trabalho a escrever sem alterarem a forma de as pronunciar.
    Já "receção", por exemplo, acho que agora se deve pronunciar como "recessão" - que tem um significado completamente diferente... enfim.
    Um beijo, Pseudo, boa semana. :-)

    ResponderEliminar
  9. Olá, Susana! :)

    De vez em quando, nas minhas trocas de missivas escritas, aparecem pérolas como as que destaquei que são, a meu ver, exemplo duma grande asneira que se anda a fazer à nossa língua. Eu não duvido que mais cedo ou mais tarde, aqui, no tasco - (já o faço no trabalho há alguns anitos) - eu escreverei como "eles" querem, mais por força de hábito meu, que lentamente me adaptarei à grafia; mas por enquanto ainda escrevo contra a maré, assim disso tenha consciência. :)
    Pura teimosia, lá no fundo... :P

    Boa semana, Homónima. :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.