quinta-feira, 5 de março de 2015

Sugestão de pirataria

Num dia em que não vos apeteça uma comédia de domingo, um filme patriota americano, um seriado de médicos e enfermeiras, saquem/aluguem um filme alemão de 2014, Labirinto de Mentiras. 

A sala estava cheia, ouvi e vi homens a limpar os olhos e o silêncio era sepulcral, honroso e incrédulo. Por muito que se fale de nazismo, de campos de concentração, de intolerância e ascendência superior parece sempre a primeira vez que ouvimos aquelas barbaridades. E é avassalador perceber que 20 anos depois da segunda guerra mundial, boa parte dos alemães, principalmente os mais novos, não faziam ideia do que era e o que se fazia em Auschwitz.

Baseado em eventos reais. De ver e de chorar. Por menos.

12 comentários:

  1. Vou tomar a tua sugestão como boa e assumir que é uma coisa muito diferente daquele portento óliudesco da lista do gaIjo dos elevadores :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom. Sem comparação possível.

      Eliminar
  2. (Isto nem é nada comigo, mas quem raio é o "gaIjo dos elevadores"??)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assumi que era o Grey. Sem ter lido o livro ou visto o filme.

      Eliminar
    2. Ai essas mentes femininas, bálhame a Scarlett (referência encapotada ao filme do pozinho azul) :) Bocemeceses nunca andaram num elebador Schindler?

      Eliminar
    3. Tu só podes ser engenheiro,só podes!!! Os elevadores têm marca??
      E não tinhas maneira mais fácil e transparente de dizer o mesmo? Eu até apostaria a longevidade futura deste tasco em como ninguém perceberia essa tua referência aos elevadores Schindler :P

      Eliminar
    4. Vi isso na antestreia mesmo :p
      Do Schindler só conheço a lista.

      Eliminar
  3. Olha lá, era difícil? Holocausto + lista = ? Nem era preciso falar dos elevadores!!!

    (Ó malta cinéfila, aprocheguem-se faxavôr) :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha lá, a referência cinéfila eu percebi. Agora aos elevadores Schindler é que não....que foi isso que eu perguntei...quem é o gaijo dos elevadores...e que eu saiba, tu referias-te ao Schindler dum filme com a mesma temática, não a elevadores de marca. Olha que caraças! Mania de complicar...

      Eliminar
    2. Ele é um bocado esquisito, não é?

      Eliminar
    3. Dá essa impressão, sim...Mas olha, gosta que lhe batam aqui e continua a cá voltar. Puro masoquismo. :)

      Eliminar
    4. Sou, sou. Sou assumidamente esquisito e é natural em mim, tal como se pode verificar no longo arquivo desta casa :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.