terça-feira, 27 de maio de 2014

A. P. F. - 26 de Maio

É estranho não saber descrever o que sinto após a notícia que me foi dada há quase 2 horas. Nunca se saberá porquê. Porquês há muitos. Mas qual deles foi o fatal? Agora já não interessa, pois é irremediável. É estranho. Mais estranho é quando é com alguém que conhecemos.