quinta-feira, 6 de março de 2014

Lembram-se dos limões?


Pois o exercício que proponho de seguida deve incluir as seguintes palavras, na ordem que desejarem:
  •  marioneta
  • viagem (-ns)
  • porta
  • lúgubre
  • solarengo
  • prazenteiro
  • divagar
  • discorrer
  • culpar
  • fim

Mais logo, apresento a minha peça. Estejam à vontade para usar o meu e-mail (quem de vós o tiver, claro) e/ou a caixa de comentários.

7 comentários:

  1. O sol desceu suavemente sobre a planície na sua perene viagem celestial, qual marioneta nas mãos de um experiente bonecreiro, terminando assim mais um solarengo e prazenteiro dia em Lumbala Ngimbu. Abre-se então uma porta num lúgubre casebre e um puto sai disparado a correr atrás de uma galinha. Aflita, a irmã ainda lhe grita "Vai divagar Kizua Vemba! Pai discorrer pode cair e magoar e no fim vai culpar eu!"

    ResponderEliminar
  2. Foi rápida, porque não podia ser “divagar”, a viagem até a porta da lúgubre retrete do solarengo palacete que se debruçava prazenteiro sobre o rio Minho num fim de tarde temperado por suaves raios de sol, lo aroma das uvas americanas e os paladares do farnel preparado com especial carinho e onde entre diversos frutos da época, abundavam seu amor de perdição, as avelãs que sabia comia mecanicamente como uma marioneta até se culpar, arrependida, ao sentir o intestino fazer “discorrer” perna abaixo o fruto processado que gostou de provar…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O anónimo anda bastante obcecado com avelãs. Ó homem, compre-as e coma-as. Essa obsessão passa-lhe enquanto o diabo esfrega um olho.

      Eliminar
    2. Mas então e o texto? Bem discorrido? A haver prémios, no minimo merecia meio kilo de avelãs, não acha?

      Eliminar
    3. Anónimo, leu algures que haveria prémios? Não.
      Já lhe disse, vá comprá-las. :)

      Eliminar
    4. É Pá! Esse "smile" já é prémio suficiente. Vindo de quem me tem tamanho asco...

      Eliminar
  3. Anónimo, está a falar de mim?

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.