domingo, 14 de julho de 2013

Gap geracional

Diálogo berrado ontem à noite, debaixo duma cobertura de guarda-chuvas, ao som de rock e metal:
...
-Mas quem são eles? - pergunto eu ao J.
-São os Pitt Broken - responde ele, com o seu ar de "duhhh" dirijido a mim, por eu não saber quem eles eram. Nem o pai do J. sabia, aliás.
-E eles são de onde? - pergunto eu novamente.
-Acho que são portugueses - diz o J.
-Sim, isso eu sei, eles estão a falar connosco em português - digo eu - Mas são de onde? Lisboa, Porto, ...? - deixo a interrogação no ar.
- Ah, isso já não sei. - responde o J. de 11 anos
-E como é que tu os conheces? - volto eu à carga.
-Eles têm bué de musicas conhecidas?!?! - remata o J., novamente com o seu ar de admiração.
...

Cheguei a casa e vim investigar quem era aquela banda com um vocalista podre de bom, com metade da minha idade, e com uma voz possante, que me prendeu logo ao primeiro minuto até ao momento em que cantou a versão "arrockalhada" do hino nacional. BRUTAL! O melhor do concerto, quanto a mim, seguido do som único do baterista a fazer o seu solo final.  A verdade é que pouco descobri, a não ser que o Diogo com metade da minha idade é bracarense. Cá para mim já foi meu aluno, às tantas. Há meia dúzia de videos dos Pitt Broken, mas não encontrei qualquer informação sobre o seu background. É pena, pois gostei do que ouvi. Acho é que os próprios preferiam ter actuado no Optimus Alive do que ali. É que o público não era propriamente o que eles esperariam. Não em quantidade, que nesse aspecto, chegou e sobrou e empurrou e calcou e pediu licença para passar uma data de vezes, mas em relação à faixa etária predominante.
A seguir actuou o Miguel Araújo, mas nessa altura eu já estava em casa a ver as fotos diárias no facebook.

30 comentários:

  1. Muito me gusta os Pitt Broken.
    Tem a única versao de bad romance que eu gosto
    http://pusinko.blogspot.de/2011/02/ouvir-6-bad-romance-is-now-good.html

    O Puto é giro e tem aquela voz que vai envelhecer e ser orgásmica por si só. Tudo depende do seu empenho com whisky velho :)
    Temos amigos comuns e, apesar dele ser uns aninhos mai novo, marchava na mesma... ^^

    Nao sei se o teu garoto ouve metal, mas antes Pitt Broken que biebers, rianas, bioncês e afins. Está no bom caminho.

    ResponderEliminar
  2. Pusinkito, eu não conhecia a banda, nem ela aparecia no cartaz do evento que está a decorrer desde dia 6 até 28, e o J. de quem eu falo não é o meu filho, que não está connosco de momento, mas o J. conhecia-os. :)
    Sim, concordo com o que dizes da voz do Diogo, é muito forte e o tal whisky velho e umas cigarrilhas ou afins são capazes de fazer milagres, sim. Mas ele não pode ter mais de 30 anos. Ou pode?

    O meu garoto não ouve nenhum dos 3 que mencionas, apesar de os reconhecer. Ao Bieber chama "bicha", às outras nada, gosta de lhes ver as carnes, apenas. Anda a precisar de um banho musical de jeito, efectivamente.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Se ele é mais novo que eu, tem menos de 30, já que essa é a minha idade. Quao cota pensais que sou, hmm? O gajo é mais tenrinho mas tem muito potencial, e daqui a uns anos, a manter a figura esbelta e ganhar traquejo de conversa, vai ser uma perdicao. True story.

      Eu também confundi. Pensei que ser o teu garoto. E se ele nao ouve nenhum desses em modo recorrente, Deo gratias. O resto da educacao musical vem com o tempo, mas quanto mais cedo comecar, melhor :)

      Eliminar
    2. Pusinkito, eu já me ofereci para lhe comprar um rádio /leitor de qq coisa para o quarto, mas o rapaz recusou sempre. Tolo.

      Quanto ao Diogo, acredito é que ele já tenha muitas fãs à perna, literalmente, mesmo sem ainda ter 30 anos :)

      (Eu sei que idade tens. :))

      Eliminar
  3. carne fresca, hum?

    o álcool e o tabaco dão cabo da voz, pá.

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. R., pois dão, mas olha que o rapaz tem todo o estilo de quem faz isso e muito mais. :)

      E se é fresca ou não, não pretendo verificar "in loco" :P

      Eliminar
    2. entre o parecer e o fazer ainda é uma distância grande.

      Não? Oh. Que desilusão:-b

      R.

      Eliminar
    3. R, desiludido porquê? Eu não fiquei :P

      Eliminar
    4. o rapazola afinal pouco mais novo é que tu (sim, acabei de dizer que tens pouco mais que 29 anos). bleh.

      R.

      Eliminar
    5. R., que idade é que ele tem, afinal?

      Eliminar
    6. Ok, obrigada. Ele está bem longe de ter metade da minha idade então.
      Que merda de post que deu azo a tanta confusão.

      Eliminar
  4. E pronto!
    Temos a versão "pedófila" da Pseudo...
    E eu todo desejoso que ela fosse mais..."geriátrica"!
    eheheheh

    Bom domingo, chabala

    ResponderEliminar
  5. Leão, desculpa, mas não gostei nada da tua brincadeirinha. Há nomes que nem a brincar, por o assunto ser demasiado sério...sorry.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ENTÃO AS MINHAS HUMILDES DESCULPAS, AINDA QUE A INTENÇÃO FOSSE BRINCAR COM O AGRADO COM O FÍSICO E A PERFORMANCE DO RAPAZINHO.
      Retiro-me para o meu canto...

      Eliminar
    2. O rapazinho é bem maior de idade, Leão. E como disse, não é nome que se aluda a ninguém. Achei bastante deselegante de tua parte. Mas pronto.

      Eliminar
    3. Pronto, está aqui a chibata, o chicote, a palmatória, a régua de antigamente (como tu gostarias de a usar agora lá na escola, eu sei!) a cana da índia, o diabo a sete! bate, à vontade! pronto!

      Eliminar
    4. Vês como estás errado novamente? Não gostaria nada de usar nada disso em contexto escolar. Já noutro, não diria que não :P...E umas palmaditas com a mão, somente :P

      Eliminar
    5. Mau. Quem é que gosta de palmadas afinal?

      R.

      Eliminar
    6. pfff. imitadora.

      R.

      Eliminar
    7. Mas eu nunca disse que não gostava. Estou a imitar quem? :P

      Eliminar
    8. a que aparece no teu espelho sempre que para lá olhas?

      R.

      Eliminar
    9. Espelhos...também gosto :)

      Eliminar
    10. e bolas de espelhos?

      R.

      Eliminar
    11. hahahah!! E os pinos??

      Eliminar
    12. garrafas vazias de vinho.

      R.

      Eliminar
    13. Ainda alguém se cortava no vidro, porra, porrinha!

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.