segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Selo verde

A Joana, que é uma simpática, e faz uns bolos com um aspecto maravilhoso, atreveu-se a oferecer-me um selinho e a passar-me mais um desafio, sem saber que eu não gostava nada destas coisas de correntes-e-passa-a-ti-e-passa-ao-outro virtuais. Contudo, para que ela não ficasse com má impressão sobre a minha pessoa, acedi generosamente, - até porque tenho andado invulgarmente bem disposta, no geral  - e assim responderei ao que ela me propôs e satisfarei a sua curiosidade. Só não passarei a outros 15 bloggers porque sou uma estraga-prazeres! E além disso, Joana, às vezes não dou ponto sem nó, logo não garanto que as respostas te agradem :)
Este é o selo:
 
E estas são as regras, que não cumprirei na íntegra:
1 - Postar o selo e dizer quem o ofereceu - Foi a Joana.
2- Dizer 7 coisas a meu respeito - Após 7 anos a blogar, aqui vai o que ainda não sabem sobre mim:
  1. Nasci a 14 de Agosto de 1972.
  2. O meu pai nasceu a 14 de Agosto de 1948.
  3. Tenho um sinal de nascença nas costas.
  4. O meu pai tem um sinal de nascença nas costas.
  5. Chamo "papá" ao meu pai.
  6. O meu pai chama-me "bé".
  7. Adoro iscas de figado, acompanhadas com molho de cebolada.
3- Oferecer o desafio a 15 blogs - Tá bem, abelha.

E pronto...

10 comentários:

  1. Olha, garanto-te que hoje, quando saí do local onde estive durante mais de 9 horas, cheirava melhor do que o prato que referes :P

    ResponderEliminar
  2. Ness, o meu papá discordaria em absoluto de ti :P

    ResponderEliminar
  3. Olá Pseudo,

    gostei muito de teres participado. Grata! :)

    Como terapeute e numeróloga que sou achei muito curioso a coincidência da tua data de nascimento com a do teu pai. A vossa ligação é muito forte e são na minha opinião almas companheiras de muitas jornadas que escolheram nesta vida vir trabalhar uma energia idêntica, a da liberdade. :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Joana, juro que não escrevi esses 2 dados para tu analisares, mas agradeço-te. :) Até porque eu própria lhes acho piada; não é habitual em famílias. :) E sim, gosto de pensar que somos unidos, apesar do meu mau feitio e do bom dele. :)

    ResponderEliminar
  5. Pseudo, o mau feitio pode sempre ser ajustado ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Número 7 = kryptonite
    Bilhec mil vezes bilhec cruzes abrenúncio, vai de retro ó pedaço de víscera mal cheiroso. Arrr nheeccc

    ResponderEliminar
  7. De tudo o que escreveste temos uma coisa em comum... hehehe, e bem gira. Só não digo qual.

    ResponderEliminar
  8. Mana, as gajas com as quais te dás intermeticamente se não existissem não precisavam nada de ser inventadas. Que aborrecidas, foda-se...

    ResponderEliminar
  9. Mano, não gostas, não comes, ora :)

    Ac, deixa-me adivinhar: a 4? :)

    Pusinko, uma maravilha!

    Joana, às vezes é, outras vezes não é :)

    ResponderEliminar
  10. De tanto acontecer estou quase na espinha...

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.