quarta-feira, 11 de abril de 2012

Não sei o que destacar do dia de hoje

-Se a sorte que tive em não ter visto rebocado o carro que conduzia hoje, que nem era meu, o que causaria um grande imbróglio, ao qual o mais-que-tudo respondeu "e era muito bem feito se tivesse acontecido".
-Se o espanto que senti por o meu filho ter contado, com a maior das naturalidades, que na aula de informática googlou a palavra "prostituição" e aparecerem várias fotos, uma delas mostrando "dois homens nus e um metia o pénis no buraco do outro".

AI!

9 comentários:

  1. O espanto :)
    É sempre um momento importante quando os filhos falam com naturalidade dos mais diversos assuntos.

    ResponderEliminar
  2. Pusinko, o momento serviu de prelúdio a uma conversa sobre as potencialidades da net. Mas tudo ainda muito superficialmente...

    ResponderEliminar
  3. Acho que estiveste bem: se há coisa que o puto não precisa de saber nesta precípua fase da vida (acho que o teu Mano lhe chamaria "prepúcia") é que a mãe é uma infractora estradal :-P

    ResponderEliminar
  4. oOera muito bem feito, era dispensável..digo eu, que acho que o tinha fulminado com o olhar.

    ResponderEliminar
  5. Já me aconteceu tentar sair com o carro ao fim de semana, e só aí perceber que o maldito tinha sido rebocado há 5 dias por estar mal estacionado :S Também não foi agradável!

    ResponderEliminar
  6. Riquinho, desta vez tens razão :P

    AC, tinhas fulminado quem? O mais-que-tudo? Mas se eu é que cometi a infracção, acredita que ele teve razão em me dizer o que disse. :)

    Sue, essa nunca me poderia acontecer. Preciso de andar de carro todos os dias, portanto nunca me poderia esquecer dele durante 5 dias. :)

    ResponderEliminar
  7. Ahahah, para os putos isso são tudo "cenas" muito naturais. Então não ?!

    ResponderEliminar
  8. Maria, o meu filho contou naturalmente, como se estivesse a falar duma caderneta de cromos ou de Invizimals, algo que eu sei que ele, neste momento com 10 anos, não acha natural. Daí ele ter-me contado o que aconteceu: ele não estava à espera de fazer pesquisa começada por "pro" e nas opções de termos de pesquisa que a Google lhe apresentou, ter aparecido "prostituição", onde ele clickou logo, e as consequentes fotos. Foi algo inesperado para ele.:)

    ResponderEliminar
  9. Pseudo. Julgava que o teu menino tinha mais idade, daí o meu comentário. De facto com essa idade isso não é nada natural. E ainda mais quando é o Google a dar a sugestão da palavra. E leva logo com esse tipo de imagens. :(

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.