quarta-feira, 11 de abril de 2012

Não resisti!


增加了胸部

24 comentários:

  1. 우리는 다른 언어에 있습니다.
    그런데 매우 혼란 스럽군.
    이 샐러드 영문 젠장.
    나는 자죠 나는 의인의 홈을 참조하십시오.
    내일 네,이 대화를 계속할 것인가?
    당신의 사람에 대한 우호적인 키스.

    :)

    ResponderEliminar
  2. Hahahaha은 ... 그것은 당신이 아무것도에 대한 가정을보고 나서는 잠자기는 걸 보여주었다. :)
    키스 :)

    ResponderEliminar
  3. ที่คุณใช้ถ้วยตอนนี้หรือไม่

    ResponderEliminar
  4. Ness ผมต้องการที่จะให้อะไร?

    ResponderEliminar
  5. 并做了这样的吗?自爆?

    ResponderEliminar
  6. 这是所有愚蠢或什么?

    ResponderEliminar
  7. Ness, a imagem não chegou :P

    ResponderEliminar
  8. E ainda há quem ensine línguas :P

    ResponderEliminar
  9. Fosca-se, realmente. Ainda bem que eu não sou uma dessas pessoas :)

    ResponderEliminar
  10. .--. .- .-. . -.-. . -- / ..- -- / .--. ..- - --- / -.-. --- -- / ..- -- / -... .-. .. -. --.- ..- . -.. --- / -. --- ...- --- / ---... -....- .--.

    ResponderEliminar
  11. riquinho embirrante11/04/12, 14:54

    Traduzir para quê?
    Por aqui não são todos poliglotas? :-P

    Muhahahahahahahahahah!!!

    ResponderEliminar
  12. Ó birrento chato, não são todos poliglotas, não. Traduz lá isso, vá...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para grande desgosto de uma parte do meu cérebro nunca aprendi Esperanto mas tenho um doutoramento na arte de tirar macacos do nariz enquanto cito de cor Darwin nomeadamente nas partes em que. Já não vos amo com a mesma intensidade mas é coisa para passar com duas ou quatro bebedeiras...

      Eliminar
  13. Ric, mas o meu garanto que não tem pilhas :)

    ResponderEliminar
  14. http://morsecode.scphillips.com/jtranslator.html

    ResponderEliminar
  15. E o que te acontece com três bebedeiras?

    ResponderEliminar
  16. Ó Riquinho, quem terá sido o engraçadinho que começou com este brinquedo novo, hein? Deves!!!

    Ness, o teu é com controlo remoto? :P

    ResponderEliminar
  17. Também tenho um brinquedo desses lá na outra casa. É giro. :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.