terça-feira, 18 de outubro de 2011

As manas, o Lobo e o Vigário

Enquanto as três manas Ratinha, Rata e Ratona observavam o Lobo a ser diligentemente servido pelas manas Porquinha, Porca e Porcalhona, aquelas foram subitamente surpreendidas pelo Vigário que, indiscreto como era, fez soar logo o alarme, alto e bom som:

CUIDADO, LOBO! AS RATAS ANDAM À SOLTA! DEIXA-TE MASÉ DE PORCALHICES E VAI JÁ REZAR TRÊS AVÉ-MARIAS E CINCO PAI-NOSSOS PARA QUE A TUA ALMA SE PURIFIQUE!

E QUANTO A VOCÊS, SIM AS SEIS...VÃO JÁ COMIGO PARA O CONFESSIONÁRIO!

E pronto. Foi assim que o vigário ficou com a melhor parte da história.

Como qualquer boa história, o melhor fica sempre por contar, pois confio na imaginação de quem me lê, para que cada um a conclua à sua maneira.

Acho que já chega de parvoíces e está na altura de voltar a ser séria.

2 comentários:

  1. o mecânico18/10/11, 22:38

    Sim, é melhor :-P

    ResponderEliminar
  2. Hmmm... Acho que as pôs de joelhos, como castigo.

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.